domingo, 02 outubro 2022
domingo, 11 setembro 2022 11:47

Universidade de Évora preenche 97% das vagas na primeira fase do CNA

Escrito por
Para a segunda fase do CNA, que decorre entre 12 e 23 de Setembro, serão disponibilizadas todas as vagas sobrantes após as matrículas Para a segunda fase do CNA, que decorre entre 12 e 23 de Setembro, serão disponibilizadas todas as vagas sobrantes após as matrículas DR

Para o ano lectivo 2022/2023, a Universidade de Évora () disponibilizou 1313 vagas, distribuídas por 38 cursos de Licenciatura e Mestrado Integrado, sendo que apenas cinco não preencheram a totalidade das vagas. Em comunicado, a academia eborense refere que “nos três últimos anos, o número de estudantes colocados na primeira fase na Universidade de Évora tem vindo a aumentar, correspondendo a um crescimento acumulado de 28 % relativamente a 2019/2020”.
 
Hermínia Vasconcelos Vilar, Reitora da Universidade de Évora salienta que estes são “excelentes resultados”. São números que comprovam, por um lado, “a crescente notoriedade e reconhecimento da Universidade de Évora” e que, por outro lado, “apontam para a viabilidade e sucesso das estratégias implementadas, quer ao nível do ensino, quer ao nível da investigação científica e inovação. Refiro-me neste ponto, à aposta na área da Saúde, com a Licenciatura em Ciências Biomédicas, que se estreou este ano e que preencheu a totalidade das vagas, mas também a aposta em áreas onde temos competências instaladas e reconhecidas”.
 
São sinais, reforça a Reitora da UÉ, “da dinâmica e da capacidade instalada” da instituição que dirige, “que se pauta pela qualidade dos ensinos em todos os ciclos de formação e por uma estratégia transversal, virada para a região e para a comunidade, mas também atenta às necessidades do país". Deste posicionamento têm resultado múltiplas parcerias, locais, nacionais e internacionais, quer com o tecido académico, que com o tecido empresarial, sem as quais, reconhece, “não seriam possíveis estes resultados”. A recente aprovação da EU GREEN, a aliança de universidades europeias recentemente aprovada e da qual faz parte, é paradigmática, ao criar uma rede sólida ao nível internacional, com evidentes vantagens para a comunidade local. 
 
A UÉ manteve a tendência de crescimento dos últimos anos em Licenciatura e Mestrado Integrado. Somando-se aos resultados da primeira fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA), os colocados através das restantes vias de acesso (Maiores de 23, regimes especiais, concurso local em Música e estudantes internacionais), estima-se que o número de novos estudantes do 1º ciclo ultrapasse os dois mil neste ano lectivo 2022/23.
 
Para a segunda fase do CNA, que decorre entre 12 e 23 de Setembro, serão disponibilizadas todas as vagas sobrantes após as matrículas.
Modificado em domingo, 11 setembro 2022 12:59

Deixe um comentário