domingo, 02 outubro 2022
sexta, 26 agosto 2022 11:20

Nisa - Militar da GNR é detido pelo Comandante de Posto e deixado seminu na cela

Escrito por
Fontes militares asseguram que a situação está a causar polémica no seio da GNR de Nisa Fontes militares asseguram que a situação está a causar polémica no seio da GNR de Nisa DR

Com 21 anos de idade e no serviço há cerca de cinco meses, um militar do Posto Territorial de Nisa da Guarda Nacional Republicana (GNR), terá sido detido pelo Comandante de Posto, algemado e deixado seminu numa cela durante quase seis horas, avança o Correio da Manhã.
 
Ainda de acordo com o Correio da Manhã, a detenção deveu-se ao facto de o militar se ter apresentado ao serviço embriagado, mas em termos formais, a detenção deveu-se a um acto de insubordinação. 
 
Citadas pelo matutino, fontes militares asseguram que a situação está a causar polémica no seio da GNR de Nisa e no seio do Comando Territorial de Portalegre da força de segurança, sendo apontadas internamente ao Comandante de Posto acusações de abuso de poder, detenção ilegal e, no limite, tortura ao guarda detido.
 
c/ Correio da Manhã
 
Modificado em sexta, 26 agosto 2022 11:31

Deixe um comentário