sábado, 23 outubro 2021
quinta, 22 julho 2021 18:00

Covid-19: Há seis concelhos alentejanos em estado de alerta

Escrito por
Nessa conferência de imprensa, Mariana Vieira da Silva deu a conhecer que há ainda 29 concelhos que ficam em alerta Nessa conferência de imprensa, Mariana Vieira da Silva deu a conhecer que há ainda 29 concelhos que ficam em alerta DR

Segundo a informação disponibilizada pela Ministra de Estado e da PresidênciaMariana Vieira da Silva, na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira, 22 de Julho, há esta semana 116 concelhos em risco elevado ou muito elevado de incidência de Covid-19, mais 26 do que na semana passada.
 
Ssegundo os dados divulgados no já habital briefing de actualização da situação pandémica em Portugal, o número de concelhos em risco muito elevado aumentou na última semana de 46 para 61, enquanto o número de concelhos em risco elevado aumentou de 44 para 55.
 
Nessa conferência de imprensa, Mariana Vieira da Silva deu a conhecer que há ainda 29 concelhos que ficam em alerta, seis dos quais localizados na região Alentejo, por registarem pela primeira vez uma taxa de incidência superior aos limiares definidos: Aljezur, Almeirim, ALMODÔVAR, Amares, BEJA, Bragança, Celorico de Basto, Cinfães, CUBA, Entroncamento, Esposende, ÉVORA, Freixo de Espada à Cinta, Mealhada, Miranda do Douro, Mirandela, Montalegre, MOURAODEMIRA, Oliveira de Azeméis, Pombal, Ponte de Lima, Póvoa de Lanhoso, Resende, São João da Pesqueira, Tomar, Torres Novas, Vale de Cambra e Vila Pouca de Aguiar.
 
Grande parte do país continua também abrangida pelas medidas de desconfinamento que entraram em vigor a 14 de Junho.
  • Teletrabalho recomendado nas actividades que o permitam;
  • Exigência de certificado digital ou teste negativo para o acesso a estabelecimentos turísticos e de alojamento local;
  • Restaurantes, cafés e pastelarias (máximo de seis pessoas no interior ou 10 pessoas em esplanadas) até à meia-noite para admissão e 01 hora para encerramento;
  • Comércio com horário do respectivo licenciamento;
  • Transportes públicos com lotação de dois terços ou com a totalidade da lotação nos transportes que funcionem exclusivamente com lugares sentados;
  • Espectáculos culturais até à meia-noite;
  • Salas de espetáculos com lotação a 50%;
  • Foras das salas de espectáculo, com lugares marcados e com regras a definir pela Direcção-Geral da Saúde (DGS).
  • Escalões de formação e modalidades amadoras com lugares marcados e regras de acesso definidas pela DGS;
  • Recintos desportivos com 33% da lotação;
  • Fora de recintos aplicam-se regras a definir pela DGS.
Modificado em quinta, 22 julho 2021 18:11

Deixe um comentário

PUB