terça, 03 agosto 2021
sexta, 12 março 2021 23:42

Autárquicas 2021 - Fermelinda Carvalho é a candidata do PSD à presidência da Câmara Municipal de Portalegre

Escrito por
Prevê-se “quentinha”, e no feminino, a disputa autárquica em Portalegre. Prevê-se “quentinha”, e no feminino, a disputa autárquica em Portalegre. DR

Tal como o Ardina do Alentejo tinha oportunamente aqui noticiado, a Presidente da Câmara Municipal de Arronches, Fermelinda Carvalho, vai mesmo ser a candidata do Partido Social Democrata (PSD) à Câmara Municipal de Portalegre, nas autárquicas de 2021, que deverão ser marcadas pelo Governo liderado por António Costa, para o final do mês de Setembro, com o dia 26 já em cima da mesa ou para o início do mês de Outubro, sendo que o dia 3 de Outubro seria o domingo a ter em consideração. 
 
Esta “transferência” autárquica faz parte de uma das apostas fortes de Rui Rio nas próximas eleições. O líder social-democrata pretende conquistar ao Partido Socialista (PS) quatro capitais de distrito que já estiveram na posse do PSD: Castelo Branco, Viana do Castelo, Leiria e Portalegre.
 
Fermelinda Carvalho é Presidente da Câmara Municipal de Arronches, desde 2009, tendo sido eleita nas listas do PSD, não se podendo recandidatar ao cargo por força da lei da limitação de mandatos. Anteriormente, a autarca laranja desempenhou o cargo de vereadora, sem pelouros atribuídos, durante dois mandatos em que a Câmara Municipal de Arronches foi liderada pelo PS.
 
Foi o próprio Rui Rio que fez o anúncio da candidatura de Fermelinda Carvalho, durante a conferência de imprensa em que anunciou mais 50 candidatos “laranja” às eleições autárquicas deste ano.
 
A Câmara Municipal de Portalegre, que já foi liderada pelos sociais-democratas, é actualmente gerida pelo Movimento Independente CLIP, liderado por Adelaide Teixeira. A actual edil assumiu a presidência da autarquia portalegrense, em Agosto de 2011, após a renúncia ao mandato por parte de Mata Cáceres, histórico presidente social-democrata da edilidade de Portalegre. Após a ruptura com o “seu” PSD, Adelaide Teixeira fundou o CLIP - Candidatura Livre Independente por Portalegre, movimento pelo qual está já a preparar a sua recandidatura.
 
Prevê-se “quentinha”, e no feminino, a disputa autárquica em Portalegre.
Modificado em domingo, 14 março 2021 12:04

Deixe um comentário