segunda, 28 novembro 2022
domingo, 27 dezembro 2020 12:53

GNR de Alter do Chão incapaz de parar festa de casamento que dura há mais de seis dias

Escrito por
Patrulha da GNR de Alter do Chão foi recebida de forma hostil no Bairro da Horta das Furnas Patrulha da GNR de Alter do Chão foi recebida de forma hostil no Bairro da Horta das Furnas DR
Desde a passada segunda-feira, dia 21 de Dezembro, que decorre em Alter do Chão, no Bairro da Horta das Furnas, uma festa de casamento, com cerca de 50 participantes. Apesar dos alertas dos moradores da vizinhança e do envio, por várias vezes desde então, de patrulhas da Guarda Nacional Republicana (GNR) ao local, a festividade continua.
 
De acordo com fonte do Comando Geral da GNR, na madrugada de quinta-feira, 27 de Dezembro, e após uma patrulha local ter sido recebida de forma hostil, o reforço de meios vindos de dois postos vizinhos pôs fim ao convívio. No entanto, os mais de 50 participantes na festa voltaram rapidamente à celebração.
 
Devido ao barulho incomodativo que se fazia sentir no local, os moradores insistiram no alerta à GNR, mas em desvantagem numérica os militares do posto de Alter do Chão foram impotentes para pôr fim à festa.
 
Em declarações ao Correio da Manhã, o coordenador sul da Associação de Profissionais da Guarda (APG/GNR), António Barreira, referiu que "foram pedidos reforços da Unidade de Intervenção, mas a resposta do Comando foi que não havia meios".
 
O responsável afirma que "desde então que a festa continua sem que haja resposta da GNR", alertando que esta situação é "reflexo da carência de meios humanos" e que "transmite um sentimento de impunidade e insegurança às populações".
 
c/ Correio da Manhã
 

Deixe um comentário

PUB