quinta, 29 setembro 2022
terça, 23 agosto 2022 19:15

Em dia de aniversário da sua fundadora, empresa estremocense A Espanhola, lança projecto Gota de Água

Escrito por
O projecto “Gota de Água” vai continuar, “não se esgota apenas com uma instituição" O projecto “Gota de Água” vai continuar, “não se esgota apenas com uma instituição" DR

Em dia de aniversário da sua já falecida fundadora, D. Vicentina Cordeiro, a empresa estremocense “A Espanhola – Funerária de Estremoz, Lda” iniciou o seu projecto “Gota de Água”.
 
E esse projecto arrancou com a oferta a uma instituição muito especial para a D. Vicentina, que como a filha Carina fez questão de referir “até mesmo no dia do seu último suspiro, estiveram presentes para a socorrer”, os Bombeiros Voluntários de Estremoz.
 
Carina Cordeiro salientou ainda que “a minha mãe sempre os teve em alta estima e consideração pela dedicação a tantos, mas em especial, às gentes de Estremoz e das suas freguesias”.
 
A actual gerente da empresa estremocense, Carina Cordeiro, acompanhada pelo seu marido e filho, entregou ao Comandante dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, Carlos Machado, ao Vice-Presidente da Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, Paulo Borda d’Água, e aos bombeiros presentes, 1000 luvas de nitrilo, 500 máscaras descartáveis e uma palete de garrafas de água de 50 ml, que perfaz um total de 1.680 unidades.
 
Num misto de dor e saudade pela ausência da D. Vicentina, mas também de alegria pela instituição escolhida e pela forma escolhida para a homenagear, para que a sua essência de ajuda ao próximo seja mantida, “A Espanhola – Funerária de Estremoz, Lda” deu assim início ao projecto “Gota de Água”.
 
Depois de entregue o seu contributo aos Soldados da Paz estremocenses, Carina Cordeiro fez questão de referir a esperança de que “a gota que vos deixamos, possa ajudar-vos na vossa missão: acudir a quem precisa de vós!”.
 
Em declarações ao Ardina do Alentejo, Carina Cordeiro fez questão de referir que o projecto “Gota de Água” vai continuar, “não se esgota apenas com uma instituição, não se esgota nos Bombeiros Voluntários de Estremoz”, e que serão mais “as instituições que ao longo dos próximos meses vão receber a visita de elementos da “A Espanhola – Funerária de Estremoz, Lda”, para que também elas sejam contempladas com doações de bens essenciais”.
 
Foi esta a forma que encontrámos para homenagear a minha mãe, a D. Vicentina, e é também a forma de mantermos bem viva na memória das pessoas, a sua essência, a sua vontade de ajudar toda a gente, quer fossem instituições, quer fossem pessoas particulares” salientou Carina Cordeiro.
Modificado em terça, 23 agosto 2022 19:29

Deixe um comentário