sábado, 22 janeiro 2022
sexta, 31 dezembro 2021 10:34

Polícia Judiciária Militar deteve suspeito da autoria de fogos ocorridos em prédio e viatura

Escrito por
Segundo a informação agora avançada, em causa para a prática dos crimes estarão motivos passionais Segundo a informação agora avançada, em causa para a prática dos crimes estarão motivos passionais DR

A Polícia Judiciária Militar (PJM) já deteve um homem, suspeito de ter pegado fogo a um carro e a uma casa, no Bairro de Mendeiros, em Estremoz.
 
A notícia está a ser avançada pela CM TV.
 
As duas ocorrências estão separadas por 22 dias.
 
A 3 de Dezembro, pelas 04:30 da manhã, e sem que nada o previsse, uma viatura, que se encontrava parada há cerca de 15 dias, junto ao edifício-sede da União de Freguesias de Estremoz (Santa Maria e Santo André), foi consumida pelas chamas. As autoridades suspeitaram, de imediato, de fogo posto.
 
No dia 25 de Dezembro, pelas 19:30 horas, um incêndio habitacional ocorrido no terceiro andar de um prédio propriedade do Regimento de Cavalaria nº3, localizado no Bairro de Mendeiros, provocou a destruição total da fracção atingida pelo fogo.
 
Nessa mesma noite, moradores nas imediações revelaram que ocorreu uma explosão, na zona da cozinha, tendo os estilhaços provocado danos em três viaturas que se encontravam junto a este prédio, na mesma zona de estacionamento onde 22 dias antes tinha ardido uma viatura.
 
Tal como noticiado pelo Ardina do Alentejo aqui, logo na noite do dia de Natal, as autoridades começaram a relacionar os dois casos, sendo que aquele que seria o principal suspeito do primeiro incêndio, seria agora também o principal suspeito do segundo incêndio.
 
Segundo a informação agora avançada pela CM TV, em causa para a prática dos crimes estarão motivos passionais. Após investigação da PJM, o suspeito foi detido, estando agora acusado da prática dos dois incêndios.
Modificado em sexta, 31 dezembro 2021 11:09

Deixe um comentário