sábado, 23 outubro 2021
segunda, 27 setembro 2021 19:32

SEL - Salsicharia Estremocense assina protocolo com a Universidade de Évora

Escrito por
Este protocolo terá a duração de três anos, estando prevista a sua prorrogação de forma automática Este protocolo terá a duração de três anos, estando prevista a sua prorrogação de forma automática DR

Olhando para a futura ampliação da empresa, a SEL - Salsicharia Estremocense, Lda assinou recentemente um protocolo com a Universidade de Évora, protocolo esse que tem em vista a implementação das normas de qualidade e bem-estar animal Welfare Quality e AWIN.
 
Em nota de imprensa enviada à nossa redacção, a empresa estremocense refere que “o bem-estar animal nos matadouros tem vindo a assumir uma grande importância ética e económica” e que se torna cada vez mais “importante o controlo nas operações envolvidas no processo de abate como transporte, descarga, repouso, encaminhamento, imobilização e atordoamento”.
 
Sendo a linha de abate o último local de passagem do Porco Alentejano, a empresa liderada por Francisco Arvana salienta que “é importante que este disponha de boas infraestruturas e que permita um bom manejo animal por parte dos operadores de forma a evitar o sofrimento, lesões e stress”.
 
Estando a empresa estremocense em processo de construção de uma linha de abate de suínos de Porco Alentejano, este protocolo entre a Universidade de Évora e a SEL irá não só “servir como uma ajuda ao desenvolvimento de ambas as instituições”, mas também como potenciador de “projectos futuros”.
 
Este protocolo terá a duração de três anos, estando prevista a sua prorrogação automaticamente.
Modificado em segunda, 27 setembro 2021 20:21

Deixe um comentário

PUB