domingo, 28 novembro 2021

 
A estremocense Maria Teresa Passão participou na quarta ronda de provas cegas da edição de 2021 daquele que é considerado por muitos como o maior palco da televisão portuguesa, o “The Voice Portugal”.
 
Maria Teresa, de 26 anos, interpretou de forma brilhante o tema “I am changing”, um original de 1982, interpretado na sua versão primeira por Jennifer Holiday, incluído no musical da Broadway, “Dreamgirls”, mas que foi também gravado por Whitney Houston, em 1984, e por Jennifer Hudson, em 2006, desta feita para o filme “Dreamgirls”.
 
A estremocense conseguiu a proeza de virar as quatro cadeiras dos mentores, Áurea, António Zambujo, Marisa Liz e Diogo Piçarra, tendo depois escolhido integrar a equipa da também alentejana Áurea.
 
Áurea teceu rasgados elogios sobre o novo elemento da sua equipa, referindo que Maria Teresa “é uma óptima cantora e que tem um potencial gigante”. Piscando o olho para a câmara, a intérprete de “Scratch My Back” deixou no ar um enigmático “preparem-se”.
 
Maria Teresa Passão passou toda a sua infância em Estremoz, tendo com apenas 20 anos decidido ir estudar música para Londres, em busca do seu sonho de ser cantora. A pandemia de Covid-19 que assolou o mundo, fez com que regressasse a casa, à sua cidade, em 2020.
 
Quem não perdeu a oportunidade de estar perto da “estrela da família” nesta aventura no programa de talentos da televisão estatal RTP foi a mãe Isabel e o avô Florêncio, que marcaram presença em estúdio.
 
 
 
 
 
 
Modificado em segunda, 08 novembro 2021 19:56

 
Devido ao facto do mesmo “não se encontrar em condições de segurança para os seus utilizadores”, o Município de Estremoz decidiu encerrar o Parque Infantil do Campo da Feira.
 
Em nota de imprensa enviada às redacções, o Município liderado por José Daniel Sádio revela que “após uma inspecção”, o Parque Infantil do Campo da Feira “foi interditado, temporariamente, até que sejam efectuadas todas as intervenções necessárias para o bom funcionamento do equipamento”.
 
A autarquia estremocense lamenta “todos os incómodos que esta situação possa causar”, mas salienta que “a mesma é estritamente necessária” e que será “resolvida com a maior brevidade possível”.
 
 
 
 
 
 
Modificado em sexta, 05 novembro 2021 22:49

 
De mãos dadas, as castanhas e o vinho juntam-se à animação e à boa disposição para o regresso de mais um Magusto de São Martinho na cidade de Estremoz.
 
Na próxima quinta-feira, dia 11 de Novembro, pelas 14:30 horas, o pátio do Museu Berardo Estremoz irá receber a actividade “Castanhas e Cantigas”.
 
No programa do evento consta a “Hora do Conto”, que será dinamizada pela Biblioteca Municipal de Estremoz, bem como a actuação do Grupo de Cantares “Vozes na Idade do Ouro”.
 
Organizado pela Câmara Municipal de Estremoz, a iniciativa “Castanhas e Cantigas” conta com o apoio da Bacalhôa Vinhos de Portugal.
 
 
 
 
 
 
Modificado em sexta, 05 novembro 2021 00:27

 
Francisca Dias, a vencedora de “Hell’s Kitchen”, terminou a sua colaboração com Ljubomir Stanisic. Após seis meses a trabalhar no nº 39 da Rua do Teixeira, a jovem chef deixou de fazer parte da equipa do restaurante 100 Maneiras, em Lisboa, propriedade do temível chef bósnio.
 
Foi através do seu Instagram pessoal que Francisca Dias anunciou que irá deixar de trabalhar para Ljubomir, tendo novos desafios em mente.
 
"A participação no ‘Hell’s Kitchen’ abriu-me algumas portas. Uma delas foi o nº 39 da Rua do Teixeira. Sinto-me muito privilegiada por ter tido a oportunidade de trabalhar ao lado do chef Ljubomir Stanisic, do chef [Manuel] Maldonado e de toda a equipa do ‘100 Maneiras'", começou por dizer.
 
"Daqui levo novas técnicas, novos sabores, muita aprendizagem e todos no coração. Muito obrigada a toda a família do 100 Maneiras por esta viagem. Daqui embarco para outro porto, rumo a outras terras e a outros desafios. Obrigada", completou a chef de 29 anos.
 
Mas Francisca Dias já revelou que o seu futuro vai passar pelo Alentejo, mais concretamente por Estremoz.
 
Em declarações à TV Mais, a chef natural de Mação, referiu que “já queria deixar Lisboa há algum tempo e chegou agora o momento. A vida aqui na capital é caótica, difícil, sobretudo em questões financeiras, por isso queria ir para um local mais calmo e surgiu a oportunidade de Estremoz”.
 
A cidade branca do Alentejo é muito especial para a vencedora do concurso de culinária “infernal” da SIC e para a sua mulher, Tânia Semedo, uma vez que há um ano se casaram lá. “Estou muito feliz, pois é uma coisa para estar mais com elas [a mulher e a filha], mais tempo de qualidade em família e não viver a dois quilómetros do trabalho e demorar meia hora a chegar, como acontecia em Lisboa”.
 
Sobre o futuro, Francisca Dias prefere não levantar ainda a ponta do véu. “Até ao final do ano vai saber-se de tudo, mas vou trabalhar em Estremoz, ainda é um projecto embrionário”, frisa.
 
De recordar que Estremoz é também uma cidade emblemática para Ljubomir Stanisic, visto que foi nesta localidade alentejana que o chef bósnio iniciou o seu percurso profissional em Portugal, embora na altura muito longe dos tachos, das panelas e dos fogões.
 
 
 
 
 
 
Modificado em quarta, 03 novembro 2021 16:08

 
Foi inaugurada no passado sábado, no Centro Ciência Viva de Estremoz, a exposição “Cuidado! Invasoras Aquáticas”, uma mostra desenvolvida pelo Museu Nacional de Ciências Naturais (MNCN - CSIC) de Madrid.
 
Esta exposição, que surgiu no âmbito do projecto “Life Invasqua”, conta com a participação da Universidade de Évora e tem como objectivo principal a conscientização do público ibérico em relação às Espécies Exóticas Invasoras (EEI) dos ecossistemas aquáticos.
 
Distribuídos pelo claustro das instalações do Centro Ciência Viva de Estremoz (CCVE), os 25 painéis que compõem esta exposição mostram as principais espécies aquáticas invasoras da Península Ibérica, o seu grau de ameaça à fauna e flora autóctones, bem como as consequências e o impacto ambiental, socioeconómico e sanitário que implicam.
 
“Cuidado! Invasoras Aquáticas” pode ser visitada todos os dias, excepto feriados, das 10 às 18 horas, até ao próximo dia 31 de Dezembro.
 
A exposição itinerante “Cuidado! Invasoras Aquáticas” irá durante os próximos dois anos ser apresentada em outros Centros Ciência Viva e museus portugueses.
 
O projecto ibérico “Life Invasaqua” conta, em Portugal, com a participação da Universidade de Évora, da ASPEAAssociação Portuguesa de Educação Ambiental e a SIBICSociedade Ibérica de Ictiologia, entidades que apoiaram o MNCN - CSIC no desenvolvimento desta exposição.
 
 
Modificado em terça, 26 outubro 2021 00:31

 
Através da Unidade Local de Investigação Criminal (ULIC) de Évora, a Polícia Judiciária (PJ), identificou e deteve um homem pela presumível autoria de um crime de homicídio qualificado, na forma tentada, ocorrido na via pública, no concelho de Estremoz.
 
Segundo a informação disponibilizada no site da PJ, “após perseguição automóvel, o arguido, disparou um tiro, contra a parte lateral traseira do lado do condutor, do veículo da vítima, um homem de 28 anos, com intuito de o atingir”.
 
A PJ indicou ainda que “o detido, de 57 anos de idade, mecânico de automóveis, sem antecedentes criminais, irá ser presente a primeiro interrogatório judicial no sentido de lhe serem aplicadas as medidas coação atinentes à elevada censura dos factos praticados”.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, o arguido tem ligações de parentesco com a vítima.
 
 
 
 
 
Modificado em terça, 26 outubro 2021 00:07

 
Uma colisão entre um motociclo e um veículo ligeiro de passageiros, ocorrida na Estrada Nacional 18 (EN18) ao Gil, numa das entradas para a cidade de Estremoz, provocou um morto e um ferido ligeiro.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar junto do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, o ferido grave, condutor e único ocupante do motociclo, um estremocense com 50 anos de idade, ainda foi transportado para o Serviço de Urgência Básica (SUB) do Centro de Saúde de Estremoz, local onde foi declarado o óbito.
 
O alerta para este acidente foi dado às 17:03 horas. Segundo fonte da PSP, o ferido ligeiro, condutor do ligeiro de passageiros, de 49 anos, foi assistido no local do sinistro. 
 
A EN18 chegou a estar encerrada ao trânsito.
 
No teatro de operações estiveram os Bombeiros Voluntários de Estremoz, a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Estremoz, e a Polícia de Segurança Pública (PSP), num total de 11 elementos, coadjuvados por cinco veículos.
 
 
 
 
Modificado em segunda, 25 outubro 2021 01:03

 
Na tarde deste sábado, 23 de Outubro, e à segunda tentativa, foi eleito o novo executivo da União das Freguesias de Estremoz (Santa Maria e Santo André).
 
O Presidente já empossado, Pedro Ramalho, apresentou a votação uma proposta de executivo, diferente da que tinha sido apresentada no passado dia 15 de Outubro, onde só estavam incluídos eleitos do Partido Socialista (PS). Desta feita, Pedro Ramalho apresentou uma lista que incluía membros de outras forças políticas, nomeadamente da Coligação Democrática Unitária (CDU) e do Nós, Cidadãos!. Esta lista foi eleita com oito votos a favor e cinco contra.
 
O novo executivo da União das Freguesias de Estremoz (Santa Maria e Santo André), presidido por Pedro Ramalho, tem como restantes membros Luís Bailão (PS), Luís Nico (PS), Amália Santos (CDU) e Adosinda Pisco (Nós, Cidadãos!).
 
No que diz respeito à Mesa da Assembleia de Freguesia, Carlos Machado foi eleito Presidente, tendo sido eleitos como secretários Amélia Piteira e Paulo Borda D’Água. A Mesa da Assembleia de Freguesia ficou composta, na sua totalidade, por eleitos do PS.   
 
 
Modificado em sábado, 23 outubro 2021 18:53

 
Desde o passado dia 25 de Setembro, que as noites de sábado na programação da TVI, levam até aos portugueses a história de Santiago, um padre com uma carreira promissora, que se apaixona perdidamente por Maria Manuel e põe em causa, não só a sua carreira e vocação, como a sua fé em Deus.
 
E é esta trama, gravada na sua grande maioria em exteriores, em Estremoz e em Lisboa, que se tornou na série televisiva portuguesa mais vista do ano, segundo informou, em comunicado, a estação de Queluz de Baixo.
 
 “É com enorme felicidade que recebemos a notícia sobre a recepção que a série ‘Pecado’ está a ter junto do público”, referiu a produtora Maria João Mayer, quando instada a comentar o facto da série ser, até agora, a mais vista do ano.
 
Os temas abordados na série, como o amor, perda e traição são universais, permitindo que o público se identifique, o que leva a esta enorme aceitação por parte dos espectadores”, acrescenta a produtora, que salienta “o trabalho de todo o elenco e equipa técnica, que com enorme profissionalismo e dedicação, fizeram uma série de excelência”.
 
Nas palavras de António Borges Correia, Director de Projecto e Realizador, esta série é “baseada numa estrutura narrativa consistente e é fruto da criação colectiva entre um realizador e os actores. Um compromisso de experiência e risco resulta sempre quando não há pretensão a nada, a não ser o exercício da verdade dos personagens e das suas interacções num quadro visual e sonoro credível. No final da rodagem o sentimento era comum. Parece que conseguimos isso tudo”.
 
Para Cristina Ferreira, Directora de Entretenimento e Ficção da TVI, “a TVI é a casa da ficção. Das histórias. Dos triângulos amorosos, das intrigas e romance. A produção de ficção nacional é, desde sempre, um dos principais pilares da estação. A aposta em formatos diferentes e o regresso à produção de séries e telefilmes marca o momento presente da TVI e mostra-nos para onde queremos ir. Sem nunca deixarmos a produção de novelas, claro. A fórmula para o sucesso nem sempre é fácil de alcançar. Nesta série escrita pela Maria João Costa temos uma história incrível, um grande elenco e uma equipa técnica de excelência!“.
 
“Pecado”, cujo guião foi escrito por Maria João Costa, autora de "Ouro Verde", novela premiada internacionalmente com um Emmy, em 2018, e que conta nos principais papéis com interpretações de Pedro Lamares, Daniela Melchior, Dalila Carmo, Lourenço Ortigão e Diogo Infante, é uma coprodução TVI e Maria & Mayer, que contou com um financiamento de 400 mil euros do ICA - Instituto do Cinema e do Audiovisual e do PIC Portugal, e ainda com o apoio logístico da Câmara Municipal de Estremoz.
 
O sexto, e último, episódio de “Pecado” vai para o ar no próximo sábado, dia 30 de Outubro, cerca das 23 horas, na TVI.
 
 
Modificado em domingo, 24 outubro 2021 00:38