quinta, 09 dezembro 2021

Tal como o Ardina do Alentejo oportunamente noticiou aqui, a Polícia de Segurança Pública (PSP) desencadeou na madrugada e manhã desta quarta-feira, na cidade de Estremoz, uma operação policial de grande envergadura, visando dar cumprimento a diversos mandatos judiciais de detenção de pessoas suspeitas e de busca e apreensão em várias dezenas de locais.
 
Em comunicado enviado às redacções, a PSP revela que “esta operação visou o cumprimento de 63 mandados de busca, sendo 50 domiciliárias e 13 não domiciliárias, bem como o cumprimento de nove mandados de detenção fora de flagrante delito, emitidos por Autoridade Judiciária”.
 
Ainda segundo a mesma nota, “a operação contou com polícias de diversas valências em reforço ao Comando Distrital de Évora da PSP, provenientes tanto de outros comandos como da Unidade Especial de Polícia”.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, esta operação desencadeou-se no Bairro de Santiago, embora tenham sido realizadas buscas em outros pontos da cidade. 
 
O comunicado da PSP refere ainda que foram efectuadas “nove detenções, sendo oito no cumprimento de mandados fora de flagrante delito e um em flagrante por tráfico de droga”. Os detidos têm idades compreendidas entre os 20 e os 49 anos.
 
Foram apreendidas 527 doses de haxixe, 21 doses de cocaína, 71 de liamba, 12 plantas de pé de canábis, 3.175€ em dinheiro, 12 peças em ouro, 14 telemóveis e um computador.
 
Em declarações ao Ardina do Alentejo, o Comissário Marco David referiu que “os detidos, oito indivíduos do sexo masculino e uma cidadã do sexo feminino, permanecerão na Esquadra de Estremoz da PSP até serem concluídas todas as diligências e serão presentes amanhã, para primeiro interrogatório e aplicação das respectivas medidas de coação, no DIAP de Évora”.
 
"Estamos em crer que, com a realização desta operação, demos um forte golpe na prática do tráfico de estupefaciente na cidade de Estremoz", referiu.
 
De recordar que a operação desta quarta-feira foi o resultado de um ano e meio de uma investigação a uma rede de tráfico de droga que operava a partir de Estremoz e que vendia o produto estupefaciente para concelhos numa área próxima da cidade.
Modificado em quarta, 07 julho 2021 12:19

A Polícia de Segurança Pública (PSP) desencadeou na madrugada desta quarta-feira, na cidade de Estremoz, uma operação policial, visando dar cumprimento a diversos mandatos judiciais de detenção de pessoas suspeitas e de busca e apreensão em várias dezenas de locais.
 
Em declarações à LUSA, o Comissário Marco David adiantou que foram efectuadas várias detenções e apreensões de droga, ouro e dinheiro.
 
Foi dado cumprimento a cerca de 10 mandados de detenção fora de flagrante delito emitidos pela autoridade judiciária. Foram feitas detenções, mas ainda não consigo avançar com um número. Foi apreendida droga, ouro e dinheiro em quantidades que também ainda não consigo avançar”, disse.
 
O comissário salientou que esta operação policial, organizada pelo Comando Distrital de Évora da PSP, e que contou com o reforço de outros comandos de diversas valências e da Unidade Especial de Polícia, “teve por base uma investigação que durava há cerca de 15 meses relacionada com suspeita de tráfico de estupefacientes e de armas de fogo”.
 
Durante a operação, que cerca das 07:30 ainda não tinha terminado, foi dado cumprimento a 63 mandados de busca, 50 domiciliários e 13 não domiciliários. 
 
O comissário remeteu para mais tarde um balanço da operação.
Modificado em quarta, 07 julho 2021 11:30

O Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, Francisco Ramos, e o Presidente da Câmara Municipal de Fronteira, Rogério Silva, assinaram no dia de ontem, 5 de Julho, o Auto de Consignação da empreitada de "Beneficiação do CM C1/EN372 entre Vale de Maceiras e o IP2-Veiros".
 
A empreitada de melhoria de uma das vias que liga os concelhos de Fronteira e de Estremoz tem o valor total de 396 171,27 €, acrescido de IVA, e tem um prazo de execução de 60 dias.
Modificado em terça, 06 julho 2021 16:46

A combinação perfeita entre vinhos e o Mercado de Estremoz está de regresso.
 
Nas manhãs dos dias 10 e 24 de Julho e 7 e 21 de Agosto, entre as 10 e as 13 horas, a iniciativa promovida pelo Município de Estremoz, “Wines in the market - Vinhos no Mercado”, vai voltar ao secular Mercado Tradicional de Estremoz.
 
São várias as adegas do concelho que integram este certame de venda dos melhores vinhos produzidos nas terras de Estremoz, e que terão os seus stands no Rossio Marquês de Pombal, em frente ao Café Águias d'Ouro.
 
Atendendo ao actual contexto pandémico que se vive, não serão realizadas provas de vinho, pelo que se procederá apenas à sua venda.

 

Modificado em terça, 06 julho 2021 11:22
Registou-se na manhã do dia de hoje, domingo, dia 04 de Julho, a actualização dos dados Covid-19 nos concelhos que fazem parte do Alentejo Central, e consequentemente no concelho de Estremoz.
 
Destaque no relatório do dia de hoje, para o facto de se verificar no concelho estremocense, desde a última actualização de dados, ocorrida durante a manhã da passada sexta-feira, um novo caso de pessoa infectada com SARS-CoV-2, o novo coronavírus. De salientar ainda o facto de, nas últimas 24 horas, o Departamento de Saúde Pública da Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARS Alentejo) não ter registado a recuperação da doença provocada pela Covid-19 de qualquer pessoa no concelho de Estremoz.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar junto de fonte do Departamento de Saúde Pública da Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARS Alentejo), estão actualmente registados no concelho de Estremoz, quatro casos activos de pessoas infectadas com Covid-19.
 
Ainda segundo a mesma fonte, estes números dizem respeito ao relatório que assinala a situação epidemiológica no concelho até às 00 horas do dia 02 de Julho.
 
Desde o início da pandemia de Covid-19 no nosso país, o concelho de Estremoz registou 1099 casos positivos, estando actualmente dados como recuperados 1060 cidadãos e havendo o registo de 35 óbitos.
 
 
 
 
 
Modificado em segunda, 05 julho 2021 09:31

Foi com o trabalho que ilustra esta notícia, realizado junto ao Coreto Municipal, que teve início uma parceria entre a Câmara Municipal de Estremoz e o artista plástico Davide Alves, no âmbito da reabilitação de espaços degradados através da arte. 
 
Esta parceria visa trazer à cidade uma nova forma de representação artística, muito comum nos grandes centros urbanos, que também evidencie a valorização do património e identidade cultural da cidade de Estremoz. Pretende-se ainda promover a criatividade, neste género de arte urbana, de forma a dar uma visibilidade pública e de livre acesso a peças desta natureza que possam causar um grande impacto visual e, naturalmente, turístico.
 
Davide Alves é um jovem artista plástico estremocense que tem obras reconhecidas quer a nível nacional, mas também internacionalmente. O protocolo entre o artista e a autarquia liderada por Francisco Ramos prevê a realização de um conjunto de actividades culturais, de cariz artístico e inovadoras, que podem trazer à cidade uma dinâmica cultural ainda mais abrangente.
Modificado em quarta, 23 junho 2021 17:50

Junho é o mês dos Santos Populares e das Marchas Populares.
 
Devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, quer a comemoração dos Santos Populares, quer a realização das Marchas Populares, não podem acontecer nos moldes tradicionais, como todos sabemos.
 
Mas a imaginação e, principalmente, a força de vontade de proporcionar a quem sempre comemorou o São João, o São Pedro e o Santo António, e que inúmeras vezes carregou o arquinho e o balão, fez com que existissem Marchas Populares no Recolhimento de Nossa Senhora dos Mártires (RNSM), Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) sedeada na cidade de Estremoz.
 
No passado sábado, 19 de Junho, o parque de viaturas do RNSM recebeu uma reduzida, mas muito animada, marcha na qual participaram utentes, colaboradores da instituição e elementos da direcção do RNSM.
 
Os espectadores divertiram-se e assistiram animados à Marcha da Instituição, que trouxe a todos um sorriso no rosto e essencialmente a esperança de que tudo vai passar e que vamos ficar todos bem.
 

 

 
Modificado em segunda, 21 junho 2021 17:17

No âmbito de uma acção de fiscalização realizada numa exploração agrícola de mirtilos, localizada no concelho de Estremoz, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) detectou, na passada sexta-feira, 19 de Junho, 10 imigrantes ilegais em Portugal.
 
Segundo um comunicado do SEF enviado à nossa redacção, a autoridade, em colaboração com a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), identificou 234 cidadãos, “na sua maioria estrangeiros”, dos quais 10 encontram-se ilegais no nosso país.
 
Segundo o mesmo documento, esta acção de fiscalização realizou-se com o intuito de verificar a “situação documental dos cidadãos estrangeiros e respectivas relações laborais, bem como as condições da sua estadia no país”.
 
"No decorrer dos trabalhos, o SEF apurou a existência de três empresas responsáveis pela exploração agrícola fiscalizada, as quais haviam subcontratado outras 13 empresas, com diversos níveis de contratação e de subcontratação, para garantir as necessidades de mão de obra", pode ler-se ainda na mesma missiva.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, esta exploração agrícola situa-se na localidade de São Bento do Cortiço.
 
Na operação de fiscalização participaram 10 inspectores do SEF e seis da ACT.
Modificado em segunda, 21 junho 2021 16:38

O Salão Nobre da Junta de Freguesia de Évora Monte recebe no próximo dia 21 de Junho, segunda-feira, a partir das 11 horas, a apresentação do projecto CLDS 4G.
 
O projecto CLDS 4G tem como objectivo a promoção do envelhecimento activo e o apoio à população idosa, através da realização de iniciativas de ocupação dos tempos livres de pessoas com mais de 65 anos.
 
O convite está feito: Se quer ocupar os seus tempos livres de forma activa, participe nesta sessão e fique a conhecer todos os pormenores desta iniciativa.
 
Este projecto está a ser desenvolvido numa parceria entre a Santa Casa da Misericórdia de Estremoz, o Município de Estremoz e a Cruz Vermelha Portuguesa, contando com o apoio da Junta de Freguesia de Évora Monte.

 

Modificado em sexta, 18 junho 2021 17:58