terça, 16 agosto 2022
segunda, 21 fevereiro 2022 18:09

João Baião sobre João Pataco: "Destacou-se pelo seu talento, pela sua entrega e forma como aborda a dança"

Escrito por
Espectáculo “Monólogos da Vacina” tem estreia marcada para o Teatro Avenida, em Castelo Branco Espectáculo “Monólogos da Vacina” tem estreia marcada para o Teatro Avenida, em Castelo Branco DR

Monólogos da Vacina” é um espectáculo idealizado por João Baião, e que tem estreia marcada para o Teatro Avenida, em Castelo Branco, a 25 de Março.
 
Nesta comédia musical original, que marca o regresso, 12 anos depois, do popular apresentador e actor João Baião às tournées e aos palcos nacionais, são seu "companheiros de estrada" Cristina Oliveira, Susana Cacela, Mané Ribeiro, Telmo Miranda e oito bailarinos, entre eles o estremocense João Pataco.
 
Depois de Castelo Branco, “Monólogos da Vacina” vai passar pelos Açores, Arcos de Valdevez, Braga, Montijo, Espinho, Figueira da Foz, Portimão, Santa Maria da Feira, Leiria, Lisboa, Alcobaça, Madeira, Torres Novas, Pombal, Oliveira do Bairro, Olhão, Montemor-o-Novo, Portalegre, Porto, Beja e Setúbal, entre outras localidades, que serão anunciadas em breve.
 
Ardina do Alentejo esteve à conversa com o mentor deste “Monólogos da Vacina”. Nesta breve entrevista, João Baião falou-nos deste seu espectáculo, do Alentejo, e também do estremocense João Pataco, um dos oito bailarinos presentes em palco, e que foi seleccionado entre quase 200 candidatos.
 
Ardina do Alentejo - Orgulhoso por quase 200 candidatos terem respondido à chamada e terem participado neste casting?
João Baião - Muito orgulhoso e sobretudo muito contente. Por um lado é um bocadinho triste porque significa que não há assim tantas propostas de trabalho para os nossos bailarinos e depois fiquei contente por estes jovens, de muito, muito talento, confiarem em mim e em toda a minha produção para acreditarem neste desafio e quererem fazer parte dele. 
 

É um espectáculo que quer divertir as pessoas, é um espectáculo onde queremos brincar com esta situação e, no fundo, dar uma perspectiva muito mais optimista do futuro

Ardina do Alentejo - O que é que nos pode adiantar sobre este espectáculo que tem a sua direcção artística?
João Baião - O que podem esperar é um espectáculo muito divertido, e principalmente, muito dançado. É um espectáculo que quer divertir as pessoas, é um espectáculo onde queremos brincar com esta situação e, no fundo, dar uma perspectiva muito mais optimista do futuro, porque depois destes anos, as pessoas querem mesmo divertir-se e querem mesmo encarar as coisas de uma forma muito mais colorida.
 
Ardina do Alentejo - Já conhecia o João Pataco?
João Baião - Não conhecia o João Pataco, e vim a saber, depois de ele ter sido aceite na nossa produção, que ele foi um dos grandes vencedores, junto com o Tira-Picos, com quem eu já trabalhei num espectáculo do Filipe La Féria, do “Got Talent Portugal”, mas não conhecia, sinceramente, o trabalho do João Pataco. E de todos aqueles jovens, o João Pataco acabou por se distinguir pela sua jovialidade, pelo seu talento, pela forma como aborda a dança e como dança. Foi das primeiras pessoas que me chamou logo à atenção quando o vi a dançar. 
 
Ardina do Alentejo - Em que é que o João Pataco se destacou para ser um dos seleccionados?
João Baião - O João Pataco destacou-se exactamente pela sua forma diferente de dançar. Depois de eu ter conhecido o percurso do João, percebi que há ali uma componente acrobática que é muito útil ao espectáculo, e pena tenho eu de não poder aproveitar mais as capacidades atléticas e acrobáticas do João, mas percebi que havia no João uma forma diferente, uma outra abordagem à dança. O João destacou-se pela sua entrega, pela sua forma de dançar, pela sua graciosidade e também pelo seu sorriso.
 

O João Baião fará tudo para que o João Pataco brilhe porque é essa a essência deste espectáculo. Todas as pessoas têm o mesmo palco, o mesmo espaço, e eu quero muito é que as pessoas se divirtam, que sejam felizes

Ardina do Alentejo - O que é que o João Pataco pode esperar do João Baião produtor?
João Baião - O João Baião fará tudo para que o João Pataco brilhe porque é essa a essência deste espectáculo. Todas as pessoas têm o mesmo palco, o mesmo espaço, e eu quero muito é que as pessoas se divirtam, que sejam felizes e que possam proporcionar ao público que nos vai ver, que eu espero que seja muito, que passe uma noite divertida.
 
Ardina do Alentejo - Que mensagem quer deixar para quem for ler esta entrevista, mais em concreto para os alentejanos que nos seguem…
João Baião - Eu sou descendente de alentejanos e o Alentejo é uma região que eu adoro, pelas suas gentes, pelas suas paisagens, pela sua gastronomia, por tudo. Eu espero que o Alentejo venha em peso ver este espectáculo, que nos abram as salas para nós proporcionarmos alegria e festa com este espectáculo “Monólogos da Vacina”.
Modificado em segunda, 21 fevereiro 2022 18:35

Deixe um comentário