sexta, 14 dezembro 2018

Caminhada por Terras da Convenção juntou cerca de 200 participantes

Escrito por  Publicado em Reportagens terça, 29 maio 2018 23:43
Caminhada contou com vários momentos de animação ao longo do percurso Caminhada contou com vários momentos de animação ao longo do percurso DR
Contando com a presença de cerca de 200 participantes, que puderam apreciar a beleza da paisagem evoramontense, decorreu no passado dia 27 de Maio, em Évora Monte. a Caminhada por Terras da Convenção.
 
A caminhada, que aconteceu em salutar convívio e ao longo de cerca de seis quilómetros. contou com vários momentos de animação ao longo do percurso, tal como estava prometido. No Caminho de Alpedriches, junto à Cama do Mouro, a Inês Serrano e o Luís Oliveira tocaram, cantaram e encantaram todos os participantes com a música "Lenda da Moura". Junto à Antiga Casa da Câmara, os caminhantes foram surpreendidos com a actuação de vários elementos da Tuna Académica da Universidade de Évora, e junto à Ermida de São Sebastião houve mesmo quem desse "um pé de dança" ao som dos acordeões de Arlindo Gato, carinhosamente tratado por todos como Mestre Azinha, e Hilário Cabeças.
 
A caminhada continuou pelo Espaço Rural das Cabanas, Quinta do Mortal, Oliveiras, Monte da Parreira e Vinha do Mato, até terminar no espaço envolvente à Junta de Freguesia, onde mais uma actuação da Tuna Académica serviu de aperitivo à deliciosa Sopa de Tomate que todos os participantes puderam degustar.

 
Durante o almoço convívio actuaram o Grupo de Cantares "Os Manaças", de São Miguel de Machede, e novamente a dupla Arlindo Gato e Hilário Cabeças.
 
A Caminhada por Terras da Convenção foi organizada pela Junta de Freguesia de Évora Monte, em parceria com o Município de Estremoz, e contou com o apoio da Guarda Nacional Republicana (GNR), da Cruz Vermelha Portuguesa, da SEL - Salsicharia Estremocense, dos Vinhos Porta de Santa Catarina e de Dinis Carvalho & Filhos Lda.
 
Ardina do Alentejo esteve à conversa com António Serrano, Presidente da Junta de Freguesia de Évora Monte, que nos fez o balanço desta iniciativa, que falou das várias actividades que já estão programadas para se realizar na “Montanha de Emoções”, e que olhou para estes sete meses de mandato à frente dos destinos da freguesia estremocense.
 
Ardina do Alentejo - Que balanço faz desta Caminhada da Convenção?
António Serrano (AS) - O balanço que fazemos é muito positivo e superou todas as nossas expectativas. Quando o Município de Estremoz nos convidou para participar na parceria Estremoz em Movimento, aceitámos o desafio e pretendemos fazer diferente daquilo que até aqui vinha sendo feito. Queríamos sobretudo que as pessoas participassem e se identificassem com o projecto e, por isso, decidimos acrescentar algo à actividade física: a sopa de tomate e alguns momentos de animação pelo percurso, em especial no centro histórico. Para além disso mudámos a temática. A vila de Évora Monte é conhecida pelo facto de aqui ter sido assinada a Convenção que, em 26 de Maio de 1834, pôs termo à guerra civil entre liberais e absolutistas. A nossa identidade tem que construir-se a partir daquilo que faz com que sejamos diferentes e por isso tínhamos que associar este importante marco da História de Portugal à caminhada. O nosso objectivo era, como já referi, que pelo menos pudessemos fazer algo diferente do que era habitual e conseguimos. Nunca pensámos que o número de participantes ultrapassasse uma centena, mas o que é facto é que estivemos muito perto de 200...  Para nós isso traduz-se num balanço muito positivo e esperamos ter devolvido às pessoas a vontade de se envolverem. Para nós é muito importante voltar a aproximar a Junta das pessoas, envolvê-las nas nossas actividades.
 
Ardina do Alentejo - Ter praticamente 200 participantes nesta caminhada faz desta iniciativa um verdadeiro sucesso. Mas a “Montanha de Emoções” está a preparar mais iniciativas de sucesso…
António Serrano (AS) - É verdade. Todos nós reconhecemos as potencialidades da nossa Freguesia, pois temos condições excelentes para a realização de actividades na natureza, devido à nossa localização estratégica no extremo ocidental da Serra d'Ossa. Se aliarmos a isso o vasto património monumental, o património histórico, as tradições, a gastronomia e o saber receber das nossas gentes, podemos afirmar que Évora Monte tem para oferecer "uma montanha de emoções"! Trata-se de um slogan que lançámos por ocasião da realização desta caminhada e que pretende traduzir isso mesmo: a forma como tudo se conjuga em Évora Monte para proporcionar a quem nos visita e a quem aqui vive grandes momentos, grandes emoções. Por essa razão, temos sido contactados no sentido de aqui se realizarem vários eventos desportivos, como é o caso da passagem do "Portugal de Lés a Lés", no próximo dia 31 de Maio, no qual cerca de 2000 motas visitarão o centro histórico ao longo do dia. No dia 3 de Junho, o Grupo Folclórico A Convenção de Évora Monte organiza o seu passeio anual de motas e motorizadas antigas, com mais de 100 participantes, e no dia 9 de Junho haverá uma sardinhada. De 15 a 19 de Agosto as Festas Anuais em Honra de Santa Maria, irão surpreender pela diferença, um novo formato e uma organização que envolve todas as forças vivas da Freguesia. No dia 21 de Outubro o Clube de Orientação do Alto Alentejo organiza, com partida e chegada a Évora Monte, o Trail Cidade de Estremoz, onde estarão mais de 600 participantes. Uma semana depois, a 28 de Outubro, decorre em Évora Monte a última etapa do Circuito BTT Zona dos Mármores, organizada pelo Sobe e Desce Team. E certamente outros eventos haverá até ao final do ano. A Junta de Freguesia está disponível para apoiar todas as iniciativas que contribuam para promover Évora Monte, trazendo pessoas à nossa terra e recebendo-as da melhor forma possível, para que possam voltar e trazer os seus familiares e amigos à nossa Montanha de Emoções.
 
Ardina do Alentejo - Quando venceu as eleições, em Outubro passado, pensava ser possível que volvidos apenas sete meses conseguiria mobilizar tanta gente à volta do seu projecto e das iniciativas que se realizam em Évora Monte?
António Serrano (AS) - Essa tem sido, para nós, a melhor surpresa. O facto de termos ganho as eleições foi um sinal de que as pessoas acreditavam no projecto e que queriam um rumo diferente. Temos tentado dar esse novo rumo e a receptividade das pessoas tem sido fantástica. Resolvemos, em apenas sete meses, questões que estavam por resolver há vários anos! Estamos a traçar um caminho que permita aproximar as pessoas, envolvê-las nas iniciativas, fazê-las sentir-se parte da construção do futuro da nossa Freguesia. E parece-me que temos conseguido, a pouco e pouco, alcançar esse objectivo. A prova está aqui, na realização desta caminhada. Como disse, tem sido uma agradável surpresa, para mim e para a equipa que está comigo nesta missão. Sabíamos que as pessoas nos apoiavam, mas a participação de quase duas centenas de pessoas nesta iniciativa deixou-nos maravilhados e, ao mesmo tempo, conscientes de que temos agora uma grande responsabilidade: fazer sempre melhor, para que as pessoas continuem a acreditar. Aproveito esta oportunidade para agradecer a todas as pessoas e entidades que, de uma forma ou outra, deram o seu importante contributo para a realização da Caminhada por Terras da Convenção, deixando um apelo para que continuem a acompanhar o nosso trabalho e a acreditar que é possível Évora Monte voltar a ser a menina bonita do Alentejo.

Deixe um comentário