sábado, 06 junho 2020
O homem, de 58 anos, tinha sido condenado pelo Tribunal Judicial de Setúbal, a oito anos e meio de prisão por agredir e violar a filha. Na sentença, proferida há sensivelmente um ano, não restaram dúvidas aos juízes: o homem violou a filha, na altura das violações com 12 anos de idade, por duas vezes, na casa onde viviam apenas os dois, depois d...