sábado, 27 novembro 2021
sábado, 17 julho 2021 17:38

Militares investigados após desacatos e atropelamento em esplanada de café de Reguengos de Monsaraz

Escrito por
A patrulha destacada "tentou cessar o desentendimento", mas foi obrigada a chamar reforços A patrulha destacada "tentou cessar o desentendimento", mas foi obrigada a chamar reforços DR

Tal como o Ardina do Alentejo já noticiou aqui, uma série de desacatos ocorridos junto à esplanada de um café de Reguengos de Monsaraz, originaram um atropelamento, do qual resultaram três feridos ligeiros, sendo que um deles, de 23 anos de idade, necessitou de tratamento hospitalar.
 
Através de comunicado enviado às redacções, a Guarda Nacional Republicana (GNR) explica que os militares foram accionados ao estabelecimento em causa porque "um grupo de indivíduos tentava entrar e foi-lhes vedado o acesso porque não se faziam acompanhar do respectivo Certificado Digital COVID".
 
Uma vez no local, a patrulha destacada "tentou cessar o desentendimento", mas foi obrigada a chamar reforços, por causa do elevado número de pessoas.
 
Nesta altura, ocorreu o atropelamento, que ficou gravado em vídeo.
 
"Logo imediatamente após a ocorrência e já com os reforços, foram apreendidas as duas viaturas e o suspeito identificado. Tendo em conta a natureza do crime, foi chamada a Polícia Judiciária, que efectuou perícias às viaturas e dará continuidade à investigação", esclarece a GNR.
 
Na mesma nota, a força de autoridade acrescenta que "será instaurado processo de averiguações para apuramento de eventual responsabilidade disciplinar relativamente à actuação dos militares da GNR".
Modificado em sábado, 17 julho 2021 17:47

Deixe um comentário