segunda, 12 abril 2021
segunda, 01 fevereiro 2021 18:19

Dados da DGS mostram alterações no nível de risco de contágio dos concelhos alentejanos! Sabe em que nível está o seu?

Escrito por
Nota para o facto de não existirem no Alentejo, concelhos no nível menos grave, o nível de concelho de Risco Moderado Nota para o facto de não existirem no Alentejo, concelhos no nível menos grave, o nível de concelho de Risco Moderado DR

No passado dia 21 de Novembro, após um Conselho de Ministros extraordinário, o Governo liderado por António Costa anunciou que os 308 concelhos de Portugal passariam a estar divididos entre concelhos de Risco Moderado (menos de 240 casos por 100 mil habitantes), Risco Elevado (mais de 240 casos/100 mil habitantes), Risco Muito Elevado (480 casos por 100 mil habitantes) e Risco Extremamente Elevado de contágio por Covid-19 (960 casos por 100 mil habitantes).

 

No dia de ontem, segunda-feira, 01 de Fevereiro, e no seu já tradicional Relatório da Situação Epidemiológica em Portugal, a Direcção-Geral de Saúde actualizou os dados dos casos confirmados de Covid-19 por concelho, tendo por base a incidência cumulativa a 14 dias por 100 mil habitantes. Estes últimos dados revelados referem-se ao período de 14 dias entre 13 de Janeiro e 26 de Janeiro de 2021.
 
Olhando para esses mesmos números, Ardina do Alentejo mostra-lhe de seguida o nível de risco de contágio para a Covid-19 em que se encontram os 47 concelhos alentejanos.
 
De acordo com o último relatório epidemiológico divulgado, há em Portugal 234 concelhos com mais de 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, ou seja, incluídos no nível de concelho de Risco Extremamente Elevado de contágio por Covid-19, o que equivale a dizer que são mais 19 concelhos neste patamar em relação à passada semana. E desses 234, há 35 concelhos que se localizam na região abrangida pela Administração Regional de Saúde do Alentejo (ARS Alentejo): 12 concelhos do distrito de Évora (Alandroal, Arraiolos, Borba, Estremoz, Évora, Montemor-o-NovoPortel, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa), Alter do Chão, ArronchesCampo Maior, Castelo de VideCrato, Elvas, FronteiraGavião, MarvãoMonfortePonte de Sôr e Portalegre no distrito de Portalegre, AljustrelAlvito, BarrancosBeja, Cuba, Ferreira do AlentejoMértola, Moura Ourique, no distrito de Beja, e GrândolaAlcácer do Sal, no litoral alentejano.
 
O mesmo relatório mostra que no nível de concelho de Risco Muito Elevado de contágio por Covid-19 estão 44 concelhos (menos oito que no último relatório), sendo que 12 deles estão no território alentejano: MoraMourão, no distrito de Évora, três no distrito de Portalegre (AvisNisa e Sousel), três no distrito de Beja (Almodôvar, Castro Verde, OdemiraSerpa e Vidigueira), Santiago do Cacém Sines, no Alentejo Litoral.
 
No patamar de concelho de Risco Elevado de contágio por Covid-19, o segundo menos gravoso desta hierarquia, encontram-se oito concelhos (eram 22 na passada segunda-feira), sendo que nenhum desses concelhos se situam em terras alentejanas.
 
No relatório epidemiológico divulgado no dia de ontem, não há igualmente concelhos alentejanos no nível menos grave, o nível de concelho de Risco Moderado de contágio por Covid-19. A nível nacional, estão contabilizados 22 concelhos neste patamar, mais três do que os registados no boletim da passada semana.
 
Concelhos que passaram de Risco Extremamente Elevado (4) para Risco Muito Elevado (3):
Mora, Almodôvar e Nisa
 
Concelhos que passaram de Risco Muito Elevado (3) para Risco Extremamente Elevado (4):
Portalegre, Grândola e Aljustrel
 
Concelhos que passaram de Risco Elevado (2) para Risco Muito Elevado (3):
Castro Verde e Odemira  
Modificado em terça, 02 fevereiro 2021 00:22

Deixe um comentário