terça, 03 agosto 2021
sexta, 08 janeiro 2021 09:02

36 concelhos alentejanos mudaram de nível de risco de contágio por Covid-19! Sabe em que nível está o seu?

Escrito por
Ardina do Alentejo apresenta-lhe os concelhos alentejanos, distribuídos pelos actuais níveis de risco de contágio por Covid-19 Ardina do Alentejo apresenta-lhe os concelhos alentejanos, distribuídos pelos actuais níveis de risco de contágio por Covid-19 DR
No passado dia 21 de Novembro, após um Conselho de Ministros extraordinário, o Governo liderado por António Costa anunciou que os 308 concelhos de Portugal passariam a estar divididos entre concelhos de Risco Moderado (menos de 240 casos por 100 mil habitantes), Risco Elevado (mais de 240 casos/100 mil habitantes), Risco Muito Elevado (480 casos por 100 mil habitantes) e Risco Extremamente Elevado de contágio por Covid-19 (960 casos por 100 mil habitantes).
 
Após o anúncio, ao início da tarde de ontem, quinta-feira, 7 de Janeiro, pelo Primeiro-Ministro António Costa, das medidas de combate à Covid-19 enquadradas pelo decreto presidencial de Estado de Emergência, o oitavo desde que a pandemia assolou o nosso país, e que estarão em vigor desde hoje, 8 de Janeiro, e até às 00 horas do dia 15, foi actualizada a lista de concelhos por nível de risco.
 
Com essa actualização ficou a saber-se que são quatro os concelhos alentejanos, Monforte, Portalegre, Serpa e Grândola, que se encontravam no grupo de concelhos de Risco Muito Elevado ou Risco Extremamente Elevado, e que agora descem de patamar, passando a integrar o nível de concelhos que se encontram em situação de Risco Elevado, e apenas um concelho alentejano, Castelo de Vide, que se encontrava no grupo de concelhos de Risco Extremamente Elevado e que agora passa a fazer parte do grupo de concelhos que se encontram em situação de Risco Moderado.
 
Em termos numéricos, foram várias as alterações em cada um dos níveis de risco:
  • 25 (-52) concelhos que se encontram em situação de risco moderado; 
  • 65 (-27) concelhos que se encontram em situação de risco elevado;
  • 132 (+53) concelhos que estão em situação de risco muito elevado;
  • 56 (+26) concelhos que estão em situação de risco extremamente elevado.
Ardina do Alentejo apresenta-lhe de seguida os concelhos alentejanos, distribuídos pelos actuais níveis de risco de contágio por Covid-19, destacando-se o facto de no distrito de Évora não existirem concelhos no nível de risco de contágio Moderado.
 
RISCO MODERADO (menos de 240 casos por 100 mil habitantes)
Arronches e Castelo de Vide, no distrito de Portalegre, Barrancos, Ferreira do Alentejo e Odemira, no distrito de Beja, Santiago do Cacém e Sines, no litoral alentejano.
 
RISCO ELEVADO (entre 240 e 480 casos por 100 mil habitantes)
Vila Viçosa, no distrito de Évora, Campo Maior, Monforte, Ponte de Sôr e Portalegre, no distrito de Portalegre, Aljustrel, Castro Verde, Moura e Serpa, no distrito de Beja, e Grândola, no litoral alentejano.
 
RISCO MUITO ELEVADO (entre 480 e 960 casos por 100 mil habitantes)
Alandroal, Arraiolos, Estremoz, Évora, Montemor-o-Novo, Redondo e Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, Alter do Chão, Avis, Fronteira, Marvão e Sousel, no distrito de Portalegre, Almodôvar, Alvito, Beja e Ourique, no distrito de Beja.
 
RISCO EXTREMAMENTE ELEVADO (acima de 960 casos por 100 mil habitantes)
Borba, Mora, Mourão, Portel, Vendas Novas e Viana do Alentejo, no distrito de Évora, Crato, Elvas, Gavião e Nisa, no distrito de Portalegre, Cuba, Mértola e Vidigueira, no distrito de Beja, e Alcácer do Sal, no litoral alentejano.
 
Olhando para os níveis apresentados na lista actualizada, podemos constatar que são 36 os concelhos alentejanos que mudaram de nível de risco de contágio por Covid-19. De destacar ainda o facto de serem agora 14 os concelhos do Alentejo que se encontram no nível mais gravoso de contágio, o de Risco Extremamente Elevado, mais sete do que na última actualização, pertencendo quatro ao distrito de Portalegre, seis ao distrito de Évora, três ao distrito de Beja, e um do litoral alentejano.
 
Concelhos que passaram de Risco Moderado (1) para Risco Elevado (2):
Vila Viçosa, Ponte de Sôr, Aljustrel, Castro Verde e Moura
 
Concelhos que passaram de Risco Moderado (1) para Risco Muito Elevado (3):
Arraiolos, Estremoz, Redondo, Avis, Fronteira, Sousel, Almodôvar, Alvito, Beja e Ourique
 
Concelhos que passaram de Risco Moderado (1) para Risco Extremamente Elevado (4):
Borba, Mora, Portel, Viana do Alentejo, Cuba e Vidigueira 
 
Concelhos que passaram de Risco Elevado (2) para Risco Muito Elevado (3):
Alandroal e Reguengos de Monsaraz  
 
Concelhos que passaram de Risco Elevado (2) para Risco Extremamente Elevado (4):
Vendas Novas, Elvas, Nisa e Alcácer do Sal 
 
Concelhos que passaram de Risco Muito Elevado (3) para Risco Extremamente Elevado (4):
Mértola
 
Concelhos que passaram de Risco Extremamente Elevado (4) para Risco Muito Elevado (3):
Alter do Chão e Marvão
 
Concelhos que passaram de Risco Extremamente Elevado (4) para Risco Elevado (2):
Monforte
 
Concelhos que passaram de Risco Extremamente Elevado (4) para Risco Moderado (1):
Castelo de Vide
 
Concelhos que passaram de Risco Muito Elevado (3) para Risco Elevado (2):
Portalegre, Serpa e Grândola
 
Concelhos que passaram de Risco Elevado (2) para Risco Moderado (1):
Odemira
 
Os concelhos de Évora, Montemor-o-Novo, Mourão, Arronches, Campo Maior, Crato, Gavião, Barrancos, Ferreira do Alentejo, Santiago do Cacém e Sines mantiveram o mesmo nível de risco de contágio de Covid-19. 
Modificado em terça, 19 janeiro 2021 00:12

Deixe um comentário