Imprimir esta página
quinta, 07 janeiro 2021 16:57

Há sete concelhos alentejanos fora das medidas anunciadas pelo Primeiro-Ministro António Costa

Escrito por
A somar a estas novas medidas, mantêm-se todas as outras que já se encontravam em vigor A somar a estas novas medidas, mantêm-se todas as outras que já se encontravam em vigor DR
Tendo como objectivo travar o crescimento exponencial da pandemia Covid-19, crescimento esse que se tem verificado nos últimos dias em Portugal, o Governo liderado por António Costa anunciou, ao início da tarde desta quinta-feira, dia 7 de Janeiro, as medidas mais apertadas que estarão em vigor durante o Estado de Emergência, aprovado no dia de ontem, e que perdurará até ao dia 14 de Janeiro.
 
Em conferência de imprensa, e após mais um Conselho de Ministros, o Primeiro-Ministro informou que, no próximo fim-de-semana, dias 9 e 10 de Janeiro, em todos os concelhos que registem mais de 240 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes, será proibida a circulação entre concelhos e proibida igualmente a circulação na via pública a partir das 13 horas.
 
A somar a estas novas medidas, mantêm-se todas as outras que já se encontravam em vigor.
 
E são apenas 25 os concelhos que registam menos de 240 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes, ficando por isso livres das medidas hoje anunciadas.
 
E entre os 25 concelhos onde estas medidas não se aplicam, encontram-se sete concelhos alentejanos: Arronches e Castelo de Vide, no distrito de Portalegre, Barrancos, Ferreira do Alentejo e Odemira, no distrito de Beja, Santiago do Cacém e Sines, no litoral alentejano.