segunda, 23 novembro 2020
sábado, 21 novembro 2020 22:25

Medidas implementadas consoante o nível de risco. Saiba qual o nível do seu concelho...

Escrito por
A situação no território nacional "é muito diverso", sublinhou o Primeiro-Ministro A situação no território nacional "é muito diverso", sublinhou o Primeiro-Ministro DR

Em conferência de imprensa que teve lugar este sábado, 21 de Novembro, após mais um Conselho de Ministros extraordinário, o Governo anunciou que o país passa a estar dividido entre concelhos de risco moderado (menos de 240 casos por 100 mil habitantes), risco elevado (mais de 240 casos/100 mil habitantes), risco muito elevado (480 casos por 100 mil habitantes) e risco extremamente elevado (960 casos por 100 mil habitantes).

 
A situação no território nacional "é muito diverso", sublinhou o primeiro-ministro, mostrando o mapa da atual situação:
  • 65 concelhos que se encontram em situação de risco moderado; 
  • 86 concelhos que se encontram em situação de risco elevado;
  • 80 concelhos que estão em situação de risco muito elevado;
  • 47 concelhos que estão em situação de risco extremamente elevado.
 
"Esta é uma lista dinâmica que será revista de 15 em 15 dias, agora alinhado com a revisão do Estado de Emergência", frisou o Primeiro-Ministro. E, acrescentou, “será em função destes critérios de risco" que "nos próximos meses” serão "modeladas as medidas a adoptar para que se ajustem o melhor possível à realidade efectiva em cada concelho".
 
Ardina do Alentejo apresenta-lhe os concelhos alentejanos, distribuídos por níveis de risco, e com as regras a que cada um está sujeito durante o novo Estado de Emergência, que vigora entre o dia 24 de Novembro e o dia 8 de Dezembro.
 
RISCO MODERADO (menos de 240 casos por 100 mil habitantes)
Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Barrancos, Beja, Castro Verde, Ferreira do Alentejo, Mértola, Moura, Odemira, Ourique, Vidigueira, Santiago do Cacém, Alter do Chão, Avis, Castelo de Vide, Marvão, Sousel, Alandroal, Arraiolos, Borba, Mourão, Portel e Vendas Novas
 
- Proibição de circulação inter-concelhia nos seguintes períodos:
  • entre as 23 horas de 27 de Novembro e as 5 horas de 2 de Dezembro
  • entre as 23 horas de 4 de Dezembro e as 5 horas de 9 de Dezembro
- Tolerância de ponto e suspensão das actividades lectivas nos dias 30 de Novembro e 7 de Dezembro;
- Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho;
- Para além das medidas acima, devem ainda ser observadas nos concelhos de Risco Moderado as "Medidas de Âmbito Nacional" com as devidas adaptações.
 
RISCO ELEVADO (entre 240 e 480 casos por 100 mil habitantes)
Cuba, Serpa, Grândola, Alcácer do Sal, Arronches, Campo Maior, Elvas, Fronteira, Gavião, Monforte, Ponte de Sor, Estremoz, Évora, Montemor-o-Novo, Redondo, Viana do Alentejo e Vila Viçosa 
 
- Manutenção da proibição de circulação na via pública entre as 23 horas e as 5 horas;
- Acção de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório;
- Tolerância de ponto e suspensão das actividades lectivas nos dias 30 de Novembro e 7 de Dezembro;
- Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho;
- Proibição de circulação inter-concelhia nos seguintes períodos:
  • entre as 23 horas de 27 de Novembro e as 5 horas de 2 de Dezembro
  • entre as 23 horas de 4 de Dezembro e as 5 horas de 9 de Dezembro
- Manutenção dos horários de encerramento dos estabelecimentos comerciais às 22 horas, salvo restaurantes e equipamentos culturais, que têm de encerrar até às 22:30 horas;
 
RISCO MUITO ELEVADO (entre 480 e 960 casos por 100 mil habitantes)
Nisa, Mora, Reguengos de Monsaraz e Sines
 
- Manutenção da proibição de circulação na via pública entre as 23 horas e as 5 horas;
- Manutenção da proibição de circulação na via pública aos sábados e domingos, entre as 13 horas e as 5 horas;
- Proibição de circulação na via pública nos feriados de 1 e 8 de Dezembro, entre as 13 horas e as 5 horas;
- Nos dias 30 de Novembro e 7 de Dezembro, os estabelecimentos comerciais encerram às 15 horas;
- Acção de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório;
- Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho;
- Proibição de circulação inter-concelhia nos seguintes períodos:
  • entre as 23 horas de 27 de Novembro e as 5 horas de 2 de Dezembro
  • entre as 23 horas de 4 de Dezembro e as 5 horas de 9 de Dezembro

 

RISCO EXTREMAMENTE ELEVADO (acima de 960 casos por 100 mil habitantes)
Crato e Portalegre
 
- Manutenção da proibição de circulação na via pública entre as 23 horas e as 5 horas;
- Manutenção da proibição de circulação na via pública aos sábados e domingos, entre as 13 horas e as 5 horas;
- Proibição de circulação na via pública nos feriados de 1 e 8 de Dezembro, entre as 13 horas e as 5 horas;
- Nos dias 30 de Novembro e 7 de Dezembro, os estabelecimentos comerciais encerram às 15 horas;
- Acção de fiscalização do cumprimento do teletrabalho obrigatório;
- Uso obrigatório de máscara nos locais de trabalho;
- Proibição de circulação inter-concelhia nos seguintes períodos:
  • entre as 23 horas de 27 de Novembro e as 5 horas de 2 de Dezembro
  • entre as 23 horas de 4 de Dezembro e as 5 horas de 9 de Dezembro
Modificado em domingo, 22 novembro 2020 13:24

Deixe um comentário