sábado, 26 setembro 2020
terça, 21 julho 2020 23:12

Avis - Incêndio que chegou a ter duas frentes activas, já entrou em fase de resolução

Escrito por
Estiveram no teatro de operações, a combater este incêndio, 10 meios aéreos Estiveram no teatro de operações, a combater este incêndio, 10 meios aéreos DR
Tal como o Ardina do Alentejo noticiou aqui, deflagrou na tarde desta terça-feira, 21 de Julho, no concelho de Avis, mais concretamente na localidade de Montes Juntos, freguesia de Aldeia Velha, um incêndio florestal, que mobilizou um total de 265 operacionais, auxiliados por 84 viaturas e 10 meios aéreos.
 
Este incêndio, que chegou a ter duas frentes activas e que entrou no concelho de Ponte de Sôr, teve no vento “que soprou com alguma intensidade”, o seu maior aliado, como referiu à LUSA o Comandante Operacional Distrital de Portalegre, Rui Conchinha.
 
Segundo o responsável do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre, o incêndio, cujo alerta foi dado às 14:41 horas, ocorreu numa zona de povoamento florestal, incluindo pinhal e eucaliptal.
 
Este incêndio florestal que despoletou em Avis, atingiu uma "mancha florestal grande" integrada na Rede Natura 2000, tendo inclusivamente obrigado ao corte do trânsito, por precaução, na Estrada Nacional 244 (EN244), entre Avis e Galveias, junto ao cruzamento de Aldeia Velha, conforme disse o presidente do Município de Avis, Nuno Silva.
 
Este incêndio, que se encontra em fase de resolução desde as 19:32 horas, obrigou a que fossem accionados os Grupos de Reforço para Incêndios Florestais (GRIF) de Lisboa, Évora e Santarém, assim como a Equipa de Análise e Uso do Fogo (EAUF) 03 da Força Especial de Protecção Civil (FEPC).
Modificado em terça, 21 julho 2020 23:37

Deixe um comentário