quinta, 29 outubro 2020
terça, 21 julho 2020 12:09

Violência doméstica - GNR detém quatro indivíduos no distrito de Évora

Escrito por
A um dos detidos foi-lhe aplicada a medida de coação mais gravosa, prisão preventiva A um dos detidos foi-lhe aplicada a medida de coação mais gravosa, prisão preventiva DR
O Comando Territorial de Évora da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Évora, entre os dias 14 e 17 de Julho, deteve quatro homens, com idades compreendidas entre os 24 e os 72 anos, pelo crime de violência doméstica, no distrito de Évora.
 
No âmbito de uma investigação por violência doméstica no concelho de Reguengos de Monsaraz, em que foi possível apurar que o agressor, um homem de 72 anos, agredia, física e psicologicamente, a sua esposa, de 72 anos, foi dado cumprimento a um mandado de detenção, que culminou na detenção do agressor e na apreensão de uma arma de fogo que se encontrava em situação ilegal.
 
O detido foi presente no mesmo dia ao Tribunal Judicial de Reguengos de Monsaraz, onde lhe foi aplicada a medida de coação de apresentações quinzenais no posto policial da sua área de residência e proibição de contactos com a vítima.
 
Ainda no mesmo dia, no concelho de Mora, foi também detido um homem, de 38 anos, que agredia, física e psicologicamente a sua companheira, de 39 anos, tendo sido dado cumprimento a um outro mandado de detenção.
 
O detido foi presente no mesmo dia ao Tribunal Judicial de Évora, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.
 
No concelho de Vendas Novas, foi também detido um homem, de 24 anos, que agredia a sua companheira, de 24 anos, tendo sido presente ao Tribunal Judicial de Montemor, no dia 14 de Julho, onde lhe foi aplicada a medida de coação de proibição de contactos com a vítima por qualquer meio ou forma, fiscalizado por meios técnicos de controlo à distância.
 
No dia 17 de Julho, no concelho de Alandroal, após uma investigação em que foi possível apurar que um homem, de 47 anos, agredia e injuriava a sua ex-companheira, de 48 anos, o agressor foi detido, tendo sido presente no dia seguinte ao Tribunal Judicial de Évora, onde lhe foi aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.
Modificado em terça, 21 julho 2020 12:23

Deixe um comentário