quinta, 09 abril 2020
quinta, 26 março 2020 01:43

Casos de Covid-19 espalhados um pouco por todo o Alentejo

Escrito por
Só no distrito de Portalegre ainda não é conhecido qualquer caso Só no distrito de Portalegre ainda não é conhecido qualquer caso DR
No boletim epidemiológico divulgado no dia de ontem, 25 de Março, a Direcção Geral da Saúde (DGS) confirmava a existência de 12 casos positivos de infecção pelo Covid-19 na área pertencente à Administração Regional de Saúde do Alentejo.
 
A TDSRádio e Televisão do Sul fez as contas e divulgou uma listagem com casos conhecidos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus na região Alentejo. Alguns destes casos, que são conhecidos através do cruzamento de informações de várias fontes próximas do Serviço Nacional de Saúde, ainda não foram confirmados pelas autoridades de saúde, nomeadamente pela DGS.
 
Todos os casos mencionados de seguida estão a ser acompanhados pelos respectivos serviços de saúde e nalguns deles os doentes infectados estão mesmo a recuperar nas suas residências.
 
  • Um homem, residente em Évora, foi o primeiro caso registado. Esteve no Irão a trabalhar e actualmente está em casa a recuperar.
  • À semelhança do primeiro caso, o segundo infectado com Covid-19 registado na região Alentejo, também esteve no estrangeiro a trabalhar. O homem, residente igualmente em Évora, esteve num país da Europa a trabalhar. Recupera igualmente em casa.
  • O terceiro caso registado é de um homem com idade entre os 30 e os 40 anos, que reside e trabalha em Évora. Este cidadão eborense esteve de férias em Espanha, numa estância de ski. Ao que conseguimos apurar, este homem esteve incluído num grupo de amigos e familiares de cerca de 40 pessoas.
  • Um outro caso é o de um homem, familiar do caso anterior, e que esteve igualmente de férias em Espanha, fazendo parte do grupo de 40 pessoas.
  • Igualmente infectada com Covid-19 está uma mulher, de 69 anos, familiar de um dos dois casos anteriores.
  • Residente em Sines, empresária de 42 anos, e que esteve no Dubai, Emirados Árabes Unidos. Tal como noticiámos anteriormente, foi a própria mulher que divulgou através das redes sociais estar infectada com o novo coronavírus.
  • Há igualmente o registo de um homem, de nacionalidade espanhola, residente em Grândola. Ao que a TDS conseguiu apurar, várias pessoas que habitam o prédio em que reside estão em quarentena, com obrigatoriedade de permanecerem em casa.
  • Mais um caso importado. Homem, de 60 anos, construtor civil em França, e que regressou a Portugal, no passado domingo. Residente em Almodôvar, após contactar a Linha SNS24, deslocou-se de forma isolada para o Hospital de Beja.
  • À semelhança do anterior, este é mais um caso importado. Homem, residente em Alcácer do Sal, de nacionalidade francesa. Trabalha no concelho de Alcácer do Sal.
  • Natural de Beja, mulher, que esteve recentemente na Argentina, a visitar uma feira agrícola na companhia de mais 45 pessoas, incluindo o seu marido, que se encontra a aguardar resultados ao teste já efectuado.
  • Residente em Cavaleiro, São Teotónio, no concelho de Odemira, homem de nacionalidade estrangeira. Segundo fonte da TDS, dois outros trabalhadores foram levados para o Hospital de Santiago do Cacém, para a realização de análises.
  • Homem, de nacionalidade estrangeira, trabalhador agrícola em Longueira/Almograve. Mais 16 pessoas do grupo estão em quarentena obrigatória.
c/ TDS - Rádio e Televisão do Sul
Modificado em quinta, 26 março 2020 09:24

Deixe um comentário