domingo, 22 setembro 2019
quinta, 11 julho 2019 12:23

Militar da GNR atropelado por jovem alcoolizado

Escrito por
O condutor, de 20 anos, foi presente hoje, quinta-feira, dia 11 de Julho, no Tribunal de Cuba, para primeiro interrogatório judicial O condutor, de 20 anos, foi presente hoje, quinta-feira, dia 11 de Julho, no Tribunal de Cuba, para primeiro interrogatório judicial DR
Na noite desta quarta-feira, 10 de Julho, um militar da Guarda Nacional Republicana (GNR), em serviço, ficou ferido após ter sido atropelado por um automóvel, em Cuba, no distrito de Beja, tendo o condutor do veículo sido detido, disse fonte daquela força de segurança.
 
A fonte da GNR indicou ainda à LUSA que o militar foi transportado para o Hospital de Beja, inicialmente com ferimentos ligeiros.
 
Segundo a mesma fonte, o militar integrava uma patrulha do Posto Territorial de Cuba, que cerca das 22 horas, "se deparou com um veículo ligeiro de passageiros a efectuar manobras perigosas na via, dentro da localidade".
 
Os militares deram ordem de paragem ao condutor do automóvel, tendo posteriormente saído da viatura da GNR. O condutor do veículo não obedeceu às indicações, tendo colocado a viatura em marcha atrás, atropelando um militar e atingindo o veículo da GNR, adiantou a fonte da Guarda.
 
Segundo a GNR, o condutor do automóvel foi detido por ter acusado uma taxa de álcool no sangue de 2,07 gramas/litro, por ter praticado manobras perigosas e atropelado o militar.
 
O condutor, de 20 anos, foi presente hoje, quinta-feira, dia 11 de Julho, no Tribunal de Cuba, para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.
 
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja indicou que o alerta para a ocorrência foi dado às 21:55 horas, tendo sido mobilizados para o local, operacionais e veículos dos Bombeiros Voluntários de Cuba, além da GNR.
 
Modificado em quinta, 11 julho 2019 12:35

Deixe um comentário