terça, 23 outubro 2018

Migasa investe 10 milhões de euros na instalação de lagar de azeite em Monforte

Escrito por  Publicado em Região sexta, 06 abril 2018 17:10
Empresa vai criar duas dezenas de postos de trabalho de forma directa e começar a laborar em Outubro deste ano Empresa vai criar duas dezenas de postos de trabalho de forma directa e começar a laborar em Outubro deste ano CM Monforte
A Migasa, uma das maiores empresas do mundo no sector da produção de azeites, vai instalar em Monforte, um lagar de grandes dimensões. Com um investimento inicial na ordem dos 10 milhões de euros, a empresa vai criar duas dezenas de postos de trabalho de forma directa e começar a laborar em Outubro deste ano, na próxima campanha de produção de azeite, processando diariamente 300 toneladas de azeitona.
 
No dia de ontem, quinta-feira, 5 de Abril, realizou-se no Auditório do CEFUS - Centro de Educação, Formação e Universidade Sénior, em Monforte, a sessão solene de assinatura do protocolo entre a Câmara Municipal de Monforte e a empresa Migasa, representadas respectivamente pelo presidente da autarquia, Gonçalo Lagem, e pelo administrador da empresa espanhola, António Gallego.
 
Neste protocolo estão estabelecidas as condições para instalação, na Herdade das Tapadas, num terreno de 7 hectares, propriedade do município, de uma unidade industrial, através de empresa a sediar no concelho de Monforte, que se dedicará à compra de azeitona e recepção de bagaço proveniente de outros lagares da região.
 
Durante o seu discurso, o autarca monfortense afirmou que “a Migasa é uma das maiores empresas do mundo no sector da produção de azeites e sabemos que é altamente responsável em termos ambientais”.
 
Este investimento que conseguimos captar para o nosso concelho”, continuou o autarca, “virá, com certeza, fomentar novos negócios que, consequentemente, se repercutirão em novas oportunidades de crescimento socioeconómico, gerando riqueza e criando postos de trabalho no concelho”.
 
Relativamente à instalação do lagar, o Presidente do Município quis realçar que se trata, afinal, de mais um resultado obtido a partir da estratégia que o seu Executivo tem vindo a incrementar para Monforte e que, esclareceu, “está assente em três pilares que considero fundamentais: investir em equipamentos com vista à melhoria do bem-estar e qualidade de vida das populações, preservar a memória colectiva e honrar os nossos antepassados e, finalmente, através de acções de marketing, afirmar o concelho de maneira a fixar pessoas e atrair investimentos”.
 
Estamos muito satisfeitos por termos, mais uma vez, feito a diferença e conseguirmos dar mais um contributo para o crescimento do concelho. Lado a lado com os munícipes e passo a passo, construiremos um concelho melhor”, referiu.
 
Falando directamente para António Gallego, administrador da Migasa, o edil referiu que “a partir de hoje, os vossos interesses são os nossos interesses e as vossas vitórias são as nossas vitórias. Desejo-vos as maiores felicidades e os maiores êxitos neste grande desafio e, ao contrário do que possam pensar, a nossa parceria não termina hoje com a assinatura do documento. Asseguro-vos que a nossa parceria tem precisamente hoje o seu início”.
 
Concluiu acentuando que entende “este investimento como uma grande oportunidade para o concelho e para a região, porque para além de aumentar seguramente os negócios existentes, será catalizador de novas oportunidades, novas áreas a explorar e motivador de mais investimento”.

Deixe um comentário