quarta, 22 novembro 2017

Centro Educativo de Vila Fernando vai ser reabilitado por investidores chineses

Escrito por  Publicado em Região quinta, 24 agosto 2017 17:20
Segundo o edil elvense Nuno Mocinha, estão em causa investimentos de “vários milhões de euros” Segundo o edil elvense Nuno Mocinha, estão em causa investimentos de “vários milhões de euros” DR
A Prospect Time Internacional Investiment (Portugal) Lda., uma empresa de investidores com capitais chineses, sedeada em Hong Kong, e o Município de Elvas, assinaram hoje, quinta-feira, dia 24 de Agosto, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Elvas, um Memorando de Cooperação, que visa a concretização do projecto "European Global Commodity Services Centre": explorar o modelo e a zona de demonstração denominada “A Plataforma Portugal Global” seguindo o modelo de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas (“Plataforma Portugal”).
 
A assinatura deste memorando foi efectuada entre o Presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, e o sócio gerente da Prospect Time International Investiment (Portugal) Lda., Chen Chunsheng.
 
Este memorando, que estará em vigor até ao dia 31 de Dezembro de 2020, inclui a cooperação mútua e o estudo do desenvolvimento de Elvas através das áreas de capital, recursos humanos e produção, com foco, entre outras, na agricultura, quintas vinícolas, produção de artigos típicos da região e projectos de turismo e de lazer.
 
De acordo com o Presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, “um dos pontos onde este projecto vai assentar” no concelho de Elvas, “é a área ocupada pelo antigo Centro Educativo de Vila Fernando”, com cerca de 1100 hectares. O autarca sublinhou que “o espaço está degradado, praticamente há mais de dez anos, e agora é necessário requalificar toda a zona e aí colocar um conjunto de serviços e empresas”.
 
Para Nuno Mocinha, a localização de Elvas torna a cidade “estratégica para este tipo de investimento, que promove o desenvolvimento industrial, cultural, turístico, científico e financeiro”.
 
Ainda segundo o edil elvense, estão em causa investimentos de “vários milhões de euros” que vão tornar este projecto “num dos maiores efectuados em Portugal”.
 
As duas entidades assumem, com este documento, o objetivo de cooperar mutuamente com vista a que surjam, benefícios mútuos e ganhos para toda a população, impulsionando o desenvolvimento, estimulando a polivalência económica moderada e o desenvolvimento sustentável.
 
O memorando visa a construção, em conjunto e em conformidade com o Plano Diretor Municipal de Elvas, do European Global Commodity Services Centre e do Parque Natural de Zonas Húmidas, a construção de um Parque Industrial e Tecnológico e uma Zona de Criatividade Cultural, concentrando os recursos e explorando produtos culturais, como as artes visuais e produções televisivas televisivas e cinematográficas, e um Centro Internacional de Conferências e Exposições, assim como o desenvolvimento das pequenas e médias empresas.
 
Município de Estremoz e a Prospect Time Internacional Investiment (Portugal) Lda. assinaram acordo em Março de 2017
 
De recordar que, em 16 de Março deste ano, o Município de Estremoz e a Prospect Time Internacional Investiment (Portugal) Lda., assinaram um acordo de colaboração que tem por objectivo estabelecer uma estrutura de mecanismos de cooperação entre as partes, em que o Município disponibilizará lotes na Zona Industrial de Arcos, devidamente infraestruturados e ao preço de 5,00 € por metro quadrado, para a instalação de fábricas ou unidades industriais que desenvolvam a sua actividade na área das tecnologias, ambiente, pesquisa cientifica, energias renováveis e outras, desde que as mesmas contribuam para o desenvolvimento económico do concelho de Estremoz e promovam a criação de emprego. Com este acordo, ratificado por unanimidade em reunião de câmara realizada a 5 de Abril, a empresa Prospect Time International Investment Limited fica obrigada a sondar potenciais investidores para instalação de empresas na Zona Industrial de Arcos, desde que as mesmas desenvolvam a sua actividade nas áreas específicas das tecnologias, ambiente, pesquisa científica, energias renováveis e outras, que concorram inegavelmente para o desenvolvimento sustentado do concelho de Estremoz.

Deixe um comentário

Mais Populares