segunda, 21 agosto 2017

Vai nascer a primeira praia do Grande Lago Alqueva

Escrito por  Publicado em Região segunda, 29 maio 2017 18:04
Frente de praia tem 120 metros de extensão e poderá ser utilizada por centenas de banhistas em simultâneo Frente de praia tem 120 metros de extensão e poderá ser utilizada por centenas de banhistas em simultâneo DR
A primeira praia do Grande Lago Alqueva vai ser inaugurada no dia 1 de junho no Centro Náutico de Monsaraz. A praia foi já galardoada com a Bandeira Azul e recebeu também as classificações de “Praia Acessível”, por cumprir os requisitos de acesso para pessoas com mobilidade condicionada, e de “Praia Saudável”, por ter as devidas normas de segurança e de qualidade do ambiente.
 
Em frente à praia fluvial de Monsaraz, no espelho de água, haverá uma piscina de 100 metros quadrados integrada numa estrutura flutuante, com solário e dividida em piscina infantil e adulta. A praia terá uma torre de vigilância e posto para os nadadores salvadores, posto médico, duches públicos, chuveiro duplo com lava pés, rampas de acesso à água para utilizadores com dificuldades de mobilidade e estacionamento para 120 lugares, incluindo para veículos de pessoas com mobilidade reduzida.
 
A frente de praia tem actualmente 120 metros de extensão e poderá ser utilizada por centenas de banhistas em simultâneo. A zona da praia dispõe também de um espaço relvado adjacente ao estacionamento que faz a ligação ao areal. Neste relvado há sombreamentos e o areal terá 20 toldos, para além das árvores existentes no local.
 
No Centro Náutico de Monsaraz existe já há alguns anos um bar/restaurante, parque infantil, zona de merendas, ancoradouro e rampa para acesso dos barcos à água. 
 
José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, afirma que “esta praia é a primeira do Grande Lago Alqueva que cumpre todos os requisitos legais e por isso mereceu a atribuição da bandeira azul pela Associação Bandeira Azul da Europa, passando assim a ser uma das duas únicas praias com esta distinção em todo o interior sul de Portugal”. 
 
O autarca explica que “a aprovação da praia não foi um processo rápido, pois para além das necessárias autorizações tiveram de ser efectuadas análises à água durante um ano para atestar a sua qualidade para banhos, e sem nenhum resultado negativo”.
 
José Calixto sublinha ainda que “são infraestruturas municipais como esta que podem trazer mais pessoas e desenvolvimento aos concelhos abrangidos pelo Grande Lago Alqueva, mas também os projectos turísticos de promotores privados, alguns deles parados devido às limitações do Plano de Ordenamento das Albufeiras do Alqueva e Pedrógão, pelo que é urgente e imprescindível a rápida revisão deste documento de ordenamento do território”.
 

Deixe um comentário

Mais Populares