segunda, 01 junho 2020
Segundo foi anunciado pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), no boletim epidemiológico deste domingo, mantém-se nos 235 o número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus na região Alentejo.
 
O concelho de Moura, com 57 casos registados, o concelho de Évora, com 22 casos registados, o concelho de Serpa, com 15 casos registados, o concelho de Santiago do Cacém, também com 15 casos registados, o concelho de Beja, com 11 casos, o concelho de Grândola, com 10 casos registados, o concelho de Almodôvar, com nove casos registados, o concelho de Elvas, com oito casos registados, o concelho de Odemira, com sete casos registados, o concelho de Reguengos de Monsaraz, também com sete casos, o concelho de Montemor-o-Novo, igualmente com sete casos confirmados, o concelho de Vendas Novas, também com sete casos registados, o concelho de Portel, com seis casos registados, o concelho de Portalegre, com cinco casos registados, o concelho de Alcácer do Sal, igualmente com cinco casos e o concelho de Cuba, com quatro casos confirmados são agora os 16 concelhos da região Alentejo que surgem no boletim epidemiológico da DGS, na área dedicada à caracterização demográfica dos casos confirmados, que agora é apresentado por ordem alfabética.
 
No boletim epidemiológico desta sexta-feira, destaque para o facto de nos 16 concelhos da região Alentejo que surgem no boletim epidemiológico da DGS, na área dedicada à caracterização demográfica dos casos confirmados, não ter havido quaisquer alterações no que diz respeito ao número de pessoas infectadas com Covid-19.
 
A DGS salienta que nesta página do relatório de situação, a "informação apresentada refere ao total de notificações clínicas no sistema SINAVE. Quando os casos confirmados são inferiores a três, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados".
 
Esta informação reportada por concelho de ocorrência é relativa a 84% dos casos confirmados.
 
 
 
Modificado em domingo, 10 maio 2020 21:58
Devido à suspensão das actividades lectivas presenciais, a Câmara Municipal de Sousel e o Agrupamento de Escolas daquela vila alentejana elaboraram um plano de ensino à distância para as Actividades de Enriquecimento Curricular, as também denominadas AEC’s.
 
Até ao final do 3º período, e através da disponibilização de diversos conteúdos e actividades on-line, pretende-se estabelecer um conjunto de princípios orientadores de carácter geral para o processo de ensino e aprendizagem nos moldes de e-learning.
 
Através da plataforma "Actividades de Enriquecimento Curricular em Casa", disponível através do link https://aecescolasdesousel.wixsite.com/website, os alunos terão acesso às propostas de expressão musical, computadores, programação e robótica, actividade física e desportiva, ensino do inglês, yoga e mindfullness.
Modificado em domingo, 10 maio 2020 23:04
Segundo foi anunciado pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), no boletim epidemiológico deste sábado, subiu para os 235 o número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus na região Alentejo.
 
O concelho de Moura, com 57 casos registados, o concelho de Évora, com 22 casos registados, o concelho de Serpa, com 15 casos registados, o concelho de Santiago do Cacém, também com 15 casos registados, o concelho de Beja, com 11 casos, o concelho de Grândola, com 10 casos registados, o concelho de Almodôvar, com nove casos registados, o concelho de Elvas, com oito casos registados, o concelho de Odemira, com sete casos registados (mais um caso que os registados no boletim de ontem), o concelho de Reguengos de Monsaraz, também com sete casos, o concelho de Montemor-o-Novo, igualmente com sete casos confirmados, o concelho de Vendas Novas, também com sete casos registados, o concelho de Portel, com seis casos registados, o concelho de Portalegre, com cinco casos registados, o concelho de Alcácer do Sal, igualmente com cinco casos e o concelho de Cuba, com quatro casos confirmados (mais um caso que os registados no boletim de ontem) são agora os 16 concelhos da região Alentejo que surgem no boletim epidemiológico da DGS, na área dedicada à caracterização demográfica dos casos confirmados, que agora é apresentado por ordem alfabética.
 
No boletim epidemiológico desta sexta-feira, destaque para a subida do número de casos de pessoas infectadas nos concelhos de Cuba e Odemira. Destaque ainda para o facto de nos restantes 14 concelhos da região Alentejo que surgem no boletim epidemiológico da DGS, na área dedicada à caracterização demográfica dos casos confirmados, não ter havido quaisquer alterações no que diz respeito ao número de pessoas infectadas com Covid-19.
 
A DGS salienta que nesta página do relatório de situação, a "informação apresentada refere ao total de notificações clínicas no sistema SINAVE. Quando os casos confirmados são inferiores a três, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados".
 
Esta informação reportada por concelho de ocorrência é relativa a 84% dos casos confirmados.
 
 
 
Modificado em sábado, 09 maio 2020 13:33
A resposta dos cinco municípios do Litoral Alentejano à pandemia de Covid-19 traduziu-se, até ao momento, na aprovação de mais de uma centena de medidas extraordinárias de apoio às famílias, empresas e instituições.
 
A isenção do pagamento das rendas das habitações sociais municipais, do pagamento do valor total da factura dos serviços de abastecimento de água e saneamento, a ajuda solidária para famílias carenciadas e idosos, a criação de espaços de apoio de emergência, a doação de material de protecção a quem está na linha da frente no combate à Covid-19, os programas de acompanhamento às micro, pequenas e médias empresas estão entre as largas dezenas de acções promovidas pelas autarquias de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines.
 
Limpeza e desinfecção
Tendo sempre como prioridade a saúde e a segurança da população da região, a higienização e desinfecção do espaço público foi e continuará a ser uma missão diária e permanente dos municípios que integram a CIMAL - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral.  No âmbito da limpeza, as cinco autarquias têm promovido uma forte acção de desinfecção dos locais onde se regista maior afluência de munícipes, como superfícies comerciais, escolas, postos de combustível, farmácias, centros de saúde, edifícios de valência de lares de 3ª idade, quartéis de bombeiros, multibancos, contentores para deposição de resíduos sólidos urbanos e paragens de autocarro. A passagem do Estado de Emergência para a situação de calamidade em nada alterou a constante periodicidade com que é feita a lavagem e desinfecção das ruas, passeios e de todos os espaços públicos.
 
Idosos e população desfavorecida
A população mais idosa, e também a mais desfavorecida, tem merecido uma atenção muito especial dos autarcas da região. Foram criados programas solidários para apoio à terceira idade e população dependente, para a aquisição e entrega de bens alimentares e medicamentos. Foram igualmente aprovadas medidas de isenção do pagamento das rendas de habitação social, foram constituídos planos de emergência a famílias carenciadas e fornecidas refeições aos alunos, mesmo em tempo de férias escolares.
 
Equipamentos de protecção 
As instituições de solidariedade social, bem como profissionais de saúde, forças de segurança, bombeiros e protecção civil também têm sentido o apoio das autarquias em várias vertentes, como a disponibilização gratuita de alojamento a profissionais de saúde, o apoio logístico às unidades locais de saúde, o reforço de ajuda monetária às diversas cooperações de bombeiros, assim como fornecimento gratuito de refeições e reforço de apoio às IPSS's.
 
Paralelamente, a CIMAL, numa acção concertada entre as autarquias de Alcácer do Sal, Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines, adquiriu diverso equipamento de protecção individual no âmbito das medidas de protecção e prevenção da Covid-19. Este investimento, que ultrapassou os 350 mil euros, permitiu adquirir máscaras, viseiras e óculos, protecções para botas e sapatos, desinfectante, fatos e batas, material que foi distribuído pelos cinco municípios a quem está na linha da frente no combate à epidemia, como trabalhadores municipais, bombeiros, forças de segurança, lares, profissionais de saúde e instituições sociais.
 
Desenvolvimento da região 
A resposta das cinco câmaras do Litoral Alentejano ao difícil momento que o país vive provocado pela Covid-19 também se traduziu em apoios à economia local e às empresas, áreas vitais para o desenvolvimento da região.
 
Entre as diversas medidas aprovadas destacam-se: o pagamento a fornecedores, a isenção temporária do pagamento das tarifas fixas dos serviços de abastecimento de água, saneamento e resíduos, a isenção de pagamento de taxas referentes à ocupação do espaço público e publicidade de detentores de estabelecimentos comerciais, assim como de rendas de espaços situados em propriedade municipal.
 
Tendo como prioridades a preservação de emprego e a protecção da capacidade produtiva das empresas, as autarquias estão a fazer um acompanhamento directo de apoio às micro, pequenas e médias empresas através de programas municipais, registando-se ainda a criação de mecanismos para melhor agilizar a concretização dos planos de investimentos para 2020 e anos seguintes.
Modificado em sexta, 08 maio 2020 10:08
No âmbito da candidatura aprovada ao Fundo de Salvaguarda do Património Cultural do Ministério da Cultura, continua a decorrer a obra de consolidação estrutural do Convento da Saudação, num investimento previsto de um milhão e 680 mil euros.
 
A intervenção no Convento, que é Monumento Nacional, e cuja responsabilidade de gestão é da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, por acordo estabelecido com a Direcção Geral do Tesouro e Finanças, através da assinatura de Auto de Cedência em Agosto de 2018, trata-se de um anseio antigo e muito pretendido pela autarquia e população.
 
Após esta primeira grande intervenção, seguir-se-á a recuperação e reutilização do Convento da Saudação. Esta intervenção seguinte resulta duma candidatura realizada pela autarquia, que já se encontra aprovada e com direito a financiamento de fundos comunitários, de forma a garantir a instalação de serviços municipais, a permitir visitas patrimoniais públicas, e a criação do CNATCentro Nacional de Artes Transdisciplinares, bem como o desenvolvimento de todo o seu projecto cultural.
 
A autarquia liderada por Hortênsia Menino acredita que “a dinamização da economia urbana em torno da cultura e do património”, considerado eixo estratégico para o desenvolvimento do concelho, “terá assim um novo impulso com a conclusão das intervenções previstas, reforçando a afirmação de Montemor-o-Novo como cidade de Cultura e Património”.
Modificado em sexta, 08 maio 2020 10:02
Em reunião do executivo da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, realizada na passada quarta-feira, dia 6 de Maio, foi aprovada, por unanimidade, a atribuição de um subsídio extraordinário às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), para apoio à aquisição de equipamento de combate à Covid-19.
 
O subsídio extraordinário, num valor total de 15.843,15 euros, vai beneficiar as seguintes IPSS: Lar dos Pequeninos, CERCIMor, Associação 29 de Abril, Instituto São João de Deus, Centro Social e Paroquial de Santo António de Lavre e a Associação dos Amigos Unidos Pelo Escoural.
 
De salientar que neste mesmo âmbito, a Câmara Municipal já anteriormente tinha atribuido apoio às IPSS's do concelho, e igualmente para aquisição de equipamento de combate ao Covid-19, no valor de total de 23.387,19 euros.
Modificado em sexta, 08 maio 2020 09:57
Desde a passada quarta-feira, dia 6 de Maio, que Santiago do Cacém tem em funcionamento o Centro de Rastreio Móvel Covid-19.  O centro resulta de uma iniciativa da Clínica Médica HIF com o apoio da Câmara Municipal de Santiago do Cacém.
 
Serão realizados testes ao Covid-19 a utentes referenciados pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS), encaminhados pela Linha Saúde24, pelo Hospital do Litoral Alentejano (HLA) ou através do médico de família do Centro de Saúde, mas também através da ADSE, Multicare, Medicare e Advancecare. Em todas as situações é obrigatório apresentar prescrição médica. Os testes são realizados às segundas e quartas-feiras, mediante marcação prévia.
 
Os testes sorológicos de imunidade ainda não se encontram abrangidos por qualquer convenção, pelo que são realizados a nível particular.
 
Para fazer a marcação, os utentes devem ligar para a HIF, pelos números 269088211 ou 924215036.
 
O centro de rastreio está localizado no exterior do Pavilhão Municipal de Exposições, junto ao Auditório Municipal, com entrada pelo portão nascente. Os utentes acedem ao centro de rastreio no seu carro, sendo desta forma testados fora do meio hospitalar, sem entrarem em contacto com outras pessoas, reduzindo o risco de infecção durante a colheita.
Modificado em sexta, 08 maio 2020 09:48
Segundo foi anunciado pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), no boletim epidemiológico desta quinta-feira, subiu para os 220 o número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus na região Alentejo.
 
O concelho de Moura, com 54 casos registados, o concelho de Évora, com 20 casos registados, o concelho de Serpa, com 15 casos registados, o concelho de Santiago do Cacém, com 15 casos registados, o concelho de Beja, com 11 casos, o concelho de Grândola, com 10 casos registados, o concelho de Almodôvar, com nove casos registados (mais um caso que os registados no boletim de ontem), o concelho de Montemor-o-Novo, com sete casos confirmados, o concelho de Vendas Novas, com seis casos registados, o concelho de Portel, também com seis casos registados, o concelho de Odemira, igualmente com seis casos registados (mais dois casos que os registados no boletim de ontem), o concelho de Reguengos de Monsaraz, com cinco casos, o concelho de Elvas, também com cinco casos registados, o concelho de Portalegre, com quatro casos registados, o concelho de Alcácer do Sal, igualmente com quatro casos e o concelho de Cuba, igualmente com três casos confirmados são agora os 16 concelhos da região Alentejo que surgem no boletim epidemiológico da DGS, na área dedicada à caracterização demográfica dos casos confirmados, que agora é apresentado por ordem alfabética.
 
No boletim epidemiológico desta quinta-feira, destaque para a subida do número de casos de pessoas infectadas nos concelhos de Almodôvar e Odemira. De salientar a saída deste boletim epidemiológico do concelho de Ponte de Sor, que no registo de situação de ontem tinha três casos registados. Destaque ainda para o facto de nos restantes 14 concelhos da região Alentejo que surgem no boletim epidemiológico da DGS, na área dedicada à caracterização demográfica dos casos confirmados, não ter havido quaisquer alterações no que diz respeito ao número de pessoas infectadas com Covid-19.
 
A DGS salienta que nesta página do relatório de situação, a "informação apresentada refere ao total de notificações clínicas no sistema SINAVE. Quando os casos confirmados são inferiores a três, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados".
 
Esta informação reportada por concelho de ocorrência é relativa a 84% dos casos confirmados.
 
 
 
 
Modificado em quinta, 07 maio 2020 14:07

 

 

Em comunicado enviado às redacções, o Comando Distrital de Portalegre da Polícia de Segurança Pública (PSP) informa que, no dia de ontem, terça-feira, 5 de Maio, por volta das 23:45 horas, na cidade de Elvas, “foram detidos em flagrante delito, três indivíduos do sexo masculino”, por furto em interior de estabelecimento comercial.

 
Na mesma nota, a PSP acrescenta que no âmbito desta ocorrência, foi possível recuperar “um vestido de noiva, avaliado em cerca de mil euros”, que tinha sido furtado de um estabelecimento comercial da mesma cidade, no passado dia 4 de Maio.
 
Por determinação do Ministério Público (MP), os detidos, com idades compreendidas entre os 16 e 19 anos, recolheram às celas de detenção, ficando aguardar a apresentação à autoridade judiciária.
 
 
 
Modificado em quarta, 06 maio 2020 16:03