segunda, 12 abril 2021
quinta, 01 abril 2021 16:48

Na segunda fase de desconfinamento, há cinco concelhos alentejanos que vão ter de manter a cautela

Escrito por
Costa informou que “há 19 concelhos onde é preciso haver especial cautelas” Costa informou que “há 19 concelhos onde é preciso haver especial cautelas” António Cotrim - LUSA

O Primeiro-Ministro António Costa anunciou na tarde desta quinta-feira, dia 1 de Abril, que a partir da próxima segunda-feira, 5 de Abril, Portugal entrará na segunda fase de desconfinamento.
 
Apesar de todos os concelhos irem passar à segunda fase de desconfinamento, Costa informou, em conferência de imprensa realizada no final do Conselho de Ministros, que “há 19 concelhos onde é preciso haver especial cautelas”.
 
No mapa de risco, os concelhos que estão acima dos 120 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias são: Alandroal, Albufeira, Beja, Borba, Cinfães, Figueira da Foz, Figueiró dos Vinhos, Lagoa, Marinha Grande, Penela, Soure, Vila do Bispo e Vimioso. Além destes 13 concelhos, há seis que estão mesmo acima dos 240 novos casos por 100 mil habitantes, no mesmo período: Carregal do Sal, Moura, Odemira, Portimão, Ribeira de Pena e Rio Maior.
 
Alandroal, Beja, Borba, Moura e Odemira são os cinco concelhos alentejanos onde é preciso haver especial atenção.
 
O Primeiro-Ministro salientou que os especialistas ouvidos pelo Governo propuseram que, "se em duas avaliações sucessivas, os mesmos concelhos estiverem acima do limiar de risco, nesses concelhos não devem avançar as medidas de desconfinamento".
 
O Chefe de Governo pediu ainda cautela para os próximos dias, a época da Páscoa, um tempo "especial e que é tradicionalmente de reuniões de família e de convívio". "Até ao final do dia 5 mantém-se em vigor as medidas de proibição de circulação entre concelhos" recordou.
 
A partir de 5 de Abril, o segundo e terceiro ciclo (bem como os ATLs para as mesmas idades) reabrem portas. Os centros de dia, equipamentos sociais na área da deficiência e lojas até 200 m2 com porta para a rua podem reabrir.
 
Além disso, as esplanadas (com máximo de quatro pessoas por grupo), as feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal), os museus, monumentos, palácios, galerias de arte e similares podem abrir. As modalidades desportivas de baixo risco (sem contacto físico) e a actividade física ao ar livre até quatro pessoas e ginásios sem aulas de grupo ficam autorizadas.
 
"Quero deixar um agradecimento aos portugueses pela forma como têm conseguido colectivamente controlar a pandemia" disse ainda António Costa. "Nesta terceira vaga e depois de termos sido dos piores do mundo, conseguimos controlar a pandemia e no espaço económico europeu só a Islândia tem melhores resultados. Deve dar-nos orgulho. Esse orgulho deve ser convertido em força motivadora" acrescentou.
 
c/ Notícias ao Minuto e Dinheiro Vivo
Modificado em quinta, 01 abril 2021 17:39

Deixe um comentário