segunda, 12 abril 2021
segunda, 22 março 2021 16:38

Presidente Marcelo Rebelo de Sousa admite Estado de Emergência até Maio

Escrito por
Marcelo Rebelo de Sousa esteve de visita à Escola Básica Silva Porto, em Benfica, na cidade de Lisboa Marcelo Rebelo de Sousa esteve de visita à Escola Básica Silva Porto, em Benfica, na cidade de Lisboa DR

À margem de uma visita à Escola Básica Silva Porto, em Benfica, na cidade de Lisboa, o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa admitiu esta segunda-feira, dia 22 de Março, mesmo com o desconfinamento que já está calendarizado, que o Estado de Emergência se prolongue até Maio.
 
"Um plano de desconfinamento até Maio, significa que haja actividades desconfinadas até Maio. Por isso, é muito provável que haja Estado de Emergência a acompanhar essa realidade" disse o Presidente da República.
 
Marcelo Rebelo de Sousa aproveitou a altura em que prestou declrações aos jornalistas para relembrar que, amanhã à tarde, terça-feira, depois da reunião com o Infarmed, começa a ouvir os partidos sobre a renovação deste decreto que prevê ser "sensivelmente semelhante ao anterior".
 
Antes de anunciar o possível prolongamento do Estado de Emergência até ao mês de Maio, Marcelo enalteceu o "ensino presencial" e justificou a escolha da escola em visita pelo facto de esta nunca ter parado "durante o confinamento", e por integrar alunos de mais de 20 de países.
 
Sobre a abertura das escolas, o Chefe de Estado expressou a sua esperança em abrir os estabelecimentos de ensino, depois da Páscoa, salientando, contudo, que é necessário que os portugueses tenham consciência "da importância do passo que está a ser dado".
 
"Nós esperamos e desejamos que seja possível ir abrindo, depois da Páscoa, de acordo com o calendário já conhecido, as escolas de todo o país e a actividade social, comunitária e económica de todo o país e, para isso, é fundamental que os portugueses, quer no período que se avizinha da Páscoa, quer depois, com a abertura progressiva compreendam a importância do passo que está a ser dado", realçou.
 
c/ Natacha Nunes Costa e Notícias ao Minuto
 
## NOTÍCIA EM ACTUALIZAÇÃO ##
Modificado em quarta, 24 março 2021 13:14

Deixe um comentário