sábado, 27 novembro 2021
sexta, 09 julho 2021 17:36

Estremoz - Após operação policial da PSP, juíz decreta prisão preventiva para quatro dos detidos

Escrito por
Os detidos têm idades compreendidas entre os 20 e os 49 anos Os detidos têm idades compreendidas entre os 20 e os 49 anos João Porfírio / Observador

Tal como o Ardina do Alentejo oportunamente noticiou aqui, a Polícia de Segurança Pública (PSP) desencadeou na madrugada e manhã da passada quarta-feira, 7 de Julho, na cidade de Estremoz, uma operação policial de grande envergadura, visando dar cumprimento a diversos mandatos judiciais de detenção de pessoas suspeitas e de busca e apreensão em várias dezenas de locais.
 
À data dos factos, e em comunicado enviado às redacções, a PSP referiu que foram efectuadas “nove detenções, sendo oito no cumprimento de mandados fora de flagrante delito e um em flagrante por tráfico de droga”. Os detidos têm idades compreendidas entre os 20 e os 49 anos.
 
Depois de terem sido ouvidos em primeiro interrogatório no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Évora, durante a tarde da passada quinta-feira e manhã de hoje, sexta-feira, 9 de Julho, o juíz decretou a medida de coação de prisão preventiva para quatro detidos, uma mulher e três homens. Os restantes cinco detidos ficam a aguardar julgamento com a medida de coação de apresentações periódicas às autoridades da sua área de residência.
 
Na quarta-feira, em comunicado, a PSP revelou que “esta operação visou o cumprimento de 63 mandados de busca, sendo 50 domiciliárias e 13 não domiciliárias, bem como o cumprimento de nove mandados de detenção fora de flagrante delito, emitidos por Autoridade Judiciária”.
 
Ainda segundo a mesma nota, “a operação contou com polícias de diversas valências em reforço ao Comando Distrital de Évora da PSP, provenientes tanto de outros comandos como da Unidade Especial de Polícia”.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, esta operação desencadeou-se no Bairro de Santiago, embora tenham sido realizadas buscas em outros pontos da cidade. 
 
Foram apreendidas 527 doses de haxixe, 21 doses de cocaína, 71 de liamba, 12 plantas de pé de canábis, 3.175€ em dinheiro, 12 peças em ouro, 14 telemóveis e um computador.
 
Em declarações ao Ardina do Alentejo, o Comissário Marco David referiu que "estamos em crer que, com a realização desta operação, demos um forte golpe na prática do tráfico de estupefaciente na cidade de Estremoz".
 
De recordar que a operação desta quarta-feira foi o resultado de um ano e meio de uma investigação a uma rede de tráfico de droga que operava a partir de Estremoz e que vendia o produto estupefaciente para concelhos numa área próxima da cidade.
Modificado em sexta, 09 julho 2021 17:53

Deixe um comentário