quinta, 12 dezembro 2019
quarta, 04 dezembro 2019 03:14

PSP de Estremoz detém dois indivíduos por furto de combustível

Escrito por
Sobre um dos suspeitos constam vários processos por ilícitos de natureza variada Sobre um dos suspeitos constam vários processos por ilícitos de natureza variada DR
Na madrugada da passada terça-feira, dia 3 de Dezembro, agentes da Esquadra de Estremoz da Polícia de Segurança Pública (PSP) detiveram dois indivíduos, um com 30 anos e outro com 40, pelo crime de furto de combustível.
 
Quando foram interceptados pelos agentes da autoridade, junto ao Pelourinho, no Largo Luís de Camões, e após ser-lhes pedida a identificação, os suspeitos mostraram desde logo sinais de nervosismo.
 
Conduzidos até ao automóvel onde se faziam transportar, localizado no Rossio Marquês de Pombal, o forte odor a combustível e o som de líquido a cair para dentro de um recipiente, vindo de uma viatura estacionada ao lado daquela onde se faziam transportar, levantou suspeitas aos elementos da PSP. Confrontados com a situação, os dois indivíduos assumiram ter furado o depósito da viatura em questão, de forma a poderem colocar na sua, e posteriormente, seguirem viagem.
 
Detidos e conduzidos à Esquadra de Estremoz da PSP, os dois homens, um residente em Setúbal e outro em Aveiro, foram confrontados com o facto da viatura em que circulavam ter sido furtada, em finais de Novembro, em Setúbal. Alegando desconhecer tal ocorrência, os suspeitos referiram terem saído de Setúbal, na madrugada de sábado, com um terceiro individuo, a quem identificaram como proprietário do veículo, com destino a Elvas. Após esse alegado terceiro individuo ter-lhes entregue a chave do veículo e se ter ausentado ao longo de quase dois dias, os homens resolveram regressar a terras do Sado. A escassez de combustível na viatura fez com que entrassem em Estremoz, para consumarem o furto de combustível.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, foi ainda apresentada queixa na Esquadra estremocense da PSP, pela tentativa de furto de gasóleo, numa outra viatura, estacionada no Largo General Graça, e que ficou com o depósito danificado.
 
Foram apreendidos uma chave de fendas, uma faca, um funil, três garrafões, um veículo automóvel e várias chapas de matrícula.
 
Dado conhecimento dos factos ao Procurador de turno, foi aplicada aos dois homens a medida de coação de Termo de Identidade e Residência (TIR), ficando os mesmos a aguardarem os termos do processo em liberdade.
 
De referir que sobre um dos suspeitos constam vários processos por ilícitos de natureza variada, desde crimes contra a integridade física até crimes relacionados com estupefacientes. 
Modificado em quarta, 04 dezembro 2019 03:13

Deixe um comentário