quarta, 21 agosto 2019
domingo, 09 junho 2019 17:18

Cultourwine 2019 revelou-se um verdadeiro sucesso entre a cultura e o vinho

Escrito por
Segundo números revelados pela organização, foram cerca de 500 os visitantes que aceitaram o desafio, fazendo da primeira edição do Cultourwine um verdadeiro sucesso Segundo números revelados pela organização, foram cerca de 500 os visitantes que aceitaram o desafio, fazendo da primeira edição do Cultourwine um verdadeiro sucesso Pedro Soeiro
O Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, em Estremoz, recebeu no passado sábado, dia 8 de Junho, a primeira edição do Cultourwine, uma verdadeira viagem pela cultura e pelos vinhos de Estremoz.
 
Integrada nas comemorações do Dia Nacional da Gastronomia Portuguesa, esta iniciativa lançou o desafio de os visitantes conhecerem os vinhos do concelho, representados por 10 adegas, enquanto apreciavam a exposição da 3.ª Bienal Internacional de Arte de Gaia, patente naquele espaço até ao dia 20 de Julho.

 
Segundo números revelados pela organização, foram cerca de 500 os visitantes que aceitaram o desafio, fazendo da primeira edição do Cultourwine um verdadeiro sucesso. 
 
Márcia Oliveira, vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Estremoz, fez à nossa equipa de reportagem um balanço muito positivo do Cultourwine 2019: “Para primeira edição está a correr muitíssimo bem, com muita afluência, e este é, sem dúvida, um evento que tem pernas para andar”. Aproveitando a oportunidade, a autarca agradeceu “a todas as adegas do concelho de Estremoz presentes no evento, e que assim contribuíram para o sucesso da iniciativa”, salientando que “apesar de em 2020 já estar a funcionar no Palácio dos Marques de Praia e Monforte, o Centro Interpretativo do Boneco de Estremoz, nada inviabiliza que o Cultourwine não se realiza neste magnífico espaço”.
 
Em declarações ao Ardina do Alentejo, Jorge Cardoso, responsável máximo pela adega da Herdade dos Outeiros Altos, fez desta primeira edição do Cultorwine um balanço “surpreendente na medida em que esta iniciativa de combinar arte com a arte dos vinhos é uma iniciativa brilhante da autarquia, num espaço lindíssimo e que proporciona este tipo de combinações felizes. Gostaríamos que houvesse uma reedição uma vez que a nossa reação é de surpresa pela beleza do espaço e pela maneira perfeita como a combinação acabou por resultar”.
 
Para José Poeiras, da Porta de Santa Catarina Vinhos, o Cultourwine 2019 “foi uma boa iniciativa, perspectivada com alguma antecedência, o que já de si é bom, e bem publicitada porque tivemos muitos provadores e até mesmo potenciais clientes, que vieram de fora, até do estrangeiro, chegando mesmo a termos aqui provadores australianos. Estas iniciativas são sempre boas para promover os produtos de Estremoz, esperando que haja mais, inclusivé aqui no Palácio dos Marqueses de Praia e Monforte, utilizando quem sabe aquele páteo que se encontra lá em baixo”.
 
Ambos os produtores deixaram a garantia de que em 2020 voltam a marcar presença no evento.
 
 
Modificado em domingo, 09 junho 2019 17:47

Deixe um comentário