terça, 10 dezembro 2019
segunda, 01 abril 2019 11:56

Vai nascer uma praia fluvial na Barragem de Veiros

Escrito por
O autarca espera que os trabalhos fiquem concluídos a tempo da época balnear de 2020 O autarca espera que os trabalhos fiquem concluídos a tempo da época balnear de 2020 A Terceira Dimensão
A partir do Verão de 2020, o concelho de Estremoz vai ter praia.
 
Aproveitando o espelho de água criado pela Barragem de Veiros, e à semelhança do que alguns concelhos abrangidos pela Barragem do Alqueva fizeram, criando praias fluviais que se revelaram um verdadeiro sucesso, não só pela quantidade de visitantes mas também pela qualidade das mesmas, a Junta de Freguesia de Veiros decidiu implantar numa margem da barragem estremocense, uma praia fluvial.
 
A notícia foi avançada ao Ardina do Alentejo por Domingos Cunha, Presidente da Junta de Freguesia de Veiros, que nos adiantou que “as obras, nomeadamente os trabalhos de terraplanagem e limpeza do terreno, vão começar em breve”. Segundo o autarca veirense, o projecto da Praia Fluvial de Veiros envolve um investimento de cerca de 250 mil euros, financiado a 90% pelo programa Valorizar, do Turismo de Portugal, ao qual se acresce uma verba superior a 50 mil euros para arranjos da zona envolvente.
 
O autarca espera que os trabalhos fiquem concluídos a tempo da época balnear de 2020.
 
Domingos Cunha referiu que, após as terraplanagens e limpeza do terreno, as obras incluem a colocação de areia, a criação das infraestruturas de electricidade e água e a instalação de equipamentos de apoio.
 
O autarca assinalou ainda que a praia "vai ter um bar, casas de banho, equipamento de apoio para os nadadores-salvadores e os chamados apoios de praia", assim como "uma piscina flutuante para crianças".
 
Para a zona envolvente à praia, está projectada a instalação de uma zona de merendas, um parque infantil, uma zona relvada com sombreamentos e um parque de estacionamento. 
 
Domingos Cunha adiantou ainda ao nosso portal que “a localização da futura Praia Fluvial de Veiros permitirá inclusivé a realização de eventos durante todo o ano, quer sejam eles de âmbito náutico ou de características musicais”.
Modificado em terça, 02 abril 2019 02:47

Deixe um comentário