terça, 25 junho 2019
quinta, 13 dezembro 2018 00:49

Rusga da PSP no Bairro das Quintinhas leva à detenção de dois indivíduos

Escrito por
A operação contou com a participação de elementos do Corpo de Intervenção e da Investigação Criminal da PSP A operação contou com a participação de elementos do Corpo de Intervenção e da Investigação Criminal da PSP Brados do Alentejo
Dois indivíduos, cujas idades não foram divulgadas, foram detidos no dia de ontem, quarta-feira, 12 de Dezembro, na sequência de uma mega operação realizada pela Policia de Segurança Pública (PSP) no Monte do Olival, vulgarmente denominado como Bairro das Quintinhas, aglomerado habitacional constituído por elementos de etnia cigana, localizado na zona norte da cidade de Estremoz.
 
O Comissário João Moura, da Direcção Nacional da PSP, indicou que a operação, planeada previamente, ocorrida naquele bairro problemático da cidade de Estremoz, decorreu "sem incidentes".
 
Segundo o responsável policial, os dois detidos, vão ser presentes hoje, quinta-feira, ao Tribunal Judicial de Estremoz para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.
 
Durante a operação, foram apreendidas uma arma 6.35, nove munições desta arma, quatro espingardas de caça, 174 cartuchos destas espingardas, duas munições 7.62, duas armas de ar comprimido, uma viatura moto quatro e uma viatura automóvel, referiu o Comissário João Moura.
 
A polícia apreendeu ainda cerca de 50 metros de cabo eléctrico, duas baterias e um corta-relva.
 
A operação contou com a participação de elementos do Corpo de Intervenção e da Investigação Criminal da PSP.
 
A Câmara e a Assembleia Municipal de Estremoz têm demonstrado, nos últimos meses, preocupação com a insegurança na cidade, na sequência de desacatos e de outros actos ilícitos, alegadamente praticados por pessoas residentes naquele bairro problemático. 
 
A "insegurança na cidade de Estremoz" foi recentemente debatida numa reunião com a Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, forças de segurança e várias entidades regionais e locais.
 
c/ LUSA

 

Modificado em sexta, 14 dezembro 2018 16:04

Deixe um comentário