sábado, 17 novembro 2018

Após fuga de mais de 20 quilómetros, homem detido em Casa Branca (Sousel)

Escrito por  Publicado em Estremoz domingo, 21 outubro 2018 19:47
Este individuo, cuja moto em que seguia viagem tinha sido furtada no Montijo, tinha na sua posse mais de um quilograma de cannabis Este individuo, cuja moto em que seguia viagem tinha sido furtada no Montijo, tinha na sua posse mais de um quilograma de cannabis DR
Unidade Nacional de Trânsito (UNT) da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Destacamento de Acção Conjunto de Lisboa e contando com o apoio do Posto de Sousel da mesma força de segurança, deteve hoje, domingo, dia 21 de Outubro, em Casa Branca, no concelho de Sousel, um individuo por suspeita de tráfico de estupefacientes e por condução perigosa.
 
Ao que o Ardina do Alentejo conseguiu apurar, esta detenção ocorreu depois do homem, com 27 anos, ter desobedecido à ordem de paragem da UNT, na Estrada Nacional 4 (EN4), em Estremoz, num dos acessos à cidade branca do Alentejo. Os militares da GNR tentaram parar o individuo ao verificarem que a matrícula do motociclo em que circulava se encontrava dobrada.
 
O suspeito desobedeceu à ordem e colocou-se em fuga a alta velocidade, tendo após 20 quilómetros de perseguição, já na localidade de Casa Branca, embatido com uma viatura da GNR que se encontrava imobilizada, acabando por ser detido. Em consequência do embate, o homem sofreu ferimentos ligeiros.
 
Este individuo, cujo motociclo em que seguia viagem, para além de possuir matrícula falsa, tinha sido furtado no Montijo, no passado dia 18 de Outubro, tinha na sua posse mais de um quilograma de liamba e não possuía habilitação legal para conduzir. Ao que foi avançado pela GNR, "o furto do motociclo aconteceu durante a realização de um negócio efectuado através de uma plataforma electrónica online, em que o suspeito desapareceu com o motociclo, alegando que o queria experimentar".
 
Desta acção foram ainda apreendidos cerca de 630 euros em numerário e três telemóveis.
 
O homem, que irá pernoitar na cela do Posto de Estremoz da GNR, será presente amanhã, 22 de Outubro, ao juiz do Tribunal Judicial de Fronteira, para primeiro interrogatório e eventual aplicação de medidas de coação.

Deixe um comentário