terça, 27 junho 2017
Em Estremoz, na última madrugada, dia 9 de Dezembro, o Destacamento de Acção Fiscal de Évora e o Destacamento Territorial de Estremoz apreenderam mais de 76 quilos de folhas de tabaco secas, prontas a serem introduzidas no mercado de consumo nacional.
 
Estas folhas, que dariam origem à produção de 76 500 cigarros, correspondentes a um valor de mercado na ordem dos 15 600 euros, originariam uma fuga aos impostos superior a 13 mil euros.
 
Desconhece-se até ao momento a origem das folhas de tabaco, embora não esteja posta de parte a existência de um circuito internacional dissimulado de abastecimento deste tipo de mercadorias, segundo revelou fonte da GNR.
 
O tabaco apreendido estava a ser transportado numa viatura de uma empresa de transporte de mercadorias, que circulava na Estrada Nacional 4 (EN4), junto a Estremoz.
 
O tabaco em questão encontrava-se em circulação, em regime suspensivo de imposto, sem cumprir os procedimentos fixados pelo Código dos Impostos Especiais sobre o Consumo.
 
Na semana passada, também numa operação de fiscalização, elementos do Destacamento de Acção Fiscal de Évora da GNR apreenderam cerca de 70 quilos de folhas de tabaco, em Évora, pela mesma infracção.
 
c/ Rádio Campanário

Mais Populares