quarta, 17 outubro 2018
Chama-se Rodrigo e foi o primeiro bebé do Alentejo a nascer no dia de Natal.
 
Para os pais, João Ferreira Pedras e Micaela Goulão, foi a melhor prenda que encontraram no sapatinho. Em declarações à CMTV, João Ferreira salientou que “estava programado para nascer dia 24, mas nasceu dia 25”. “Foi uma prenda e pêras” disse o pai babado aos microfones da Correio da Manhã TV. Acrescentou ainda que “correu tudo bem e era isso que interessava”.
 

À estação televisiva do grupo COFINA, a mãe Micaela disse que “nasceu no melhor dia e foi a melhor prenda”.
 
Rodrigo nasceu na Maternidade de Évora, às 12.03 horas, de parto normal.
 
Poucas horas depois do nascimento, o pequeno Rodrigo recebeu os primeiros mimos da família. A avó Joana Goulão, que se encontrava visivelmente feliz, disse “temos aqui um belo rapagão”.
 
A bisavó Mariana Bento também estava muito feliz com o nascimento do primeiro bisneto, fazendo apenas um pedido aos microfones do repórter Alexandre Silva: “Que Deus o ajude e que venha tudo com bem”.
 
Há muito que não nascem bebés em Estremoz, mas aquando do registo do recém-nascido pode-se indicar a cidade branca do Alentejo como o local de nascimento do bebé.
 
 
Em Estremoz, militares do Posto Territorial da Guarda Nacional Republicana apreenderam ontem, terça-feira, dia 22 de Dezembro, durante uma acção de fiscalização rodoviária, 74 peças de vestuário e calçado contrafeito de diversas marcas.
 
No decorrer da fiscalização e ao abordarem uma viatura ligeira conduzida por um indivíduo de 38 anos de idade e nacionalidade portuguesa, foi detectado no interior do veículo diverso vestuário e calçado de origem suspeita, não tendo o mesmo conseguido provar a sua proveniência ou legalidade.
 
O indivíduo foi prontamente identificado pelos militares da GNR e a mercadoria foi apreendida por suspeita de contrafacção, ficando à ordem do processo-crime instaurado.
Entre sonhos e rabanadas, o Centro Ciência Viva de Estremoz apresenta para estas Férias de Natal, um conjunto de actividades experimentais, onde muitas perguntas e curiosidades irão ser pulverizadas no laboratório, sempre com as mãos na massa!
 
Nestas férias, os jovens com idades compreendidas entre os 6 e 12 anos, terão a possibilidade de contactar com materiais científicos e técnicas de laboratório variadas, compreender o trabalho de um cientista e realizar diversas actividades... Tudo em torno do tema “Natal Mais Ecológico”, e a sua importância para a vida no nosso planeta!
 
Neste Natal, os mais jovens podem desvendar o que é a Pegada Ecológica e como se calcula, que utilizações se podem dar às embalagens vazias lá de casa, que segredos se escondem nas folhas das plantas e de que forma elas conseguem suportar a vida!
 
As “Férias Científicas de Natal 2015” vão decorrer nos dias 18, 21, 29 e 30 de Dezembro, no Centro Ciência Viva de Estremoz, situado no Pólo de Estremoz da Universidade de Évora, no Rossio Marquês de Pombal.
 
Todas as actividades são dinamizadas por comunicadores de ciência com formação especializada.
 
As inscrições, cujo número é limitado, estão abertas e poderão ser feitas presencialmente no Centro de Ciência Viva de Estremoz, por telefone ou e-mail.
 
Pode ficar a conhecer o programa completo, o cartaz e aceder à ficha de inscrição através clicando aqui.
 
c/ Centro Ciência Viva de Estremoz
O projeto "Bonecos das Maltezas; títeres de Ciência" obteve o 3º lugar do "VI Prémio Ibero-Americano de Educação e Museus" na Categoria II – “projetos em fase de elaboração e/ou planeamento”.
 
A concurso estiveram 147 projetos, provenientes de 12 países e o Centro de Ciência Viva de Estremoz venceu o 3º lugar: “Bonecos das Maltezas; Títeres de Ciência” / Centro Ciência Viva de Estremoz (Portugal), estando descrito no site “Ibermuseus” como “A ação utiliza uma técnica multidisciplinar que une arte popular e tecnologia para transmitir conhecimentos científicos a professores e estudantes. A proposta é que eles aprendam com personalidades como Aristóteles, Ptolomeu, Newton e Galileu, representados por marionetes de madeira. O conteúdo é dividido em três diferentes (porém complementares) eixos: “Autos de Ciência”, “Auto do Universo” e “Auto da Evolução”, o que potencializa os resultados de aprendizado. Além das apresentações, o projeto prevê a utilização de curtas-metragens, livros, e equipamentos tecnológicos para apostar na inovação e descentralização da oferta cultural.”
 
O Centro Ciência Viva de Estremoz desenvolveu os Bonecos das Maltezas tendo-se inspirado no modelo dos célebres Bonecos de Santo Aleixo, que em 1980 foram tirados do esquecimento pelo CENDREV, centro de ação teatral de Évora, que até hoje dinamiza este importante património cultural do Alto Alentejo.
 
À semelhança dos bonecos tradicionais, nos Bonecos das Maltezas a forma de comunicação privilegiada são os autos, espetáculos normalmente de curta duração sobre um tema específico.
 
Os Bonecos das Maltezas foram construídos de raiz, por Ana Alves, seguindo as técnicas e os materiais utilizados desde sempre pelos titereiros originais. Estes preciosos conhecimentos foram transmitidos pelo Mestre Rolo, célebre pela sua arte e por ter recreado os bonecos tradicionais. Este projeto não teria sido possível sem o estreito cruzamento de saberes e competências entre o Centro Ciência Viva de Estremoz e a Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade de Évora, em especial através do Instituto de Ciências da Terra.
O desafio tinha sido lançado pelo Município de Estremoz para que fosse construída, na cidade branca, a Maior Árvore de Natal Humana do Alentejo. E na tarde do passado Sábado, dia 12 de Dezembro, responderam à chamada centenas de pessoas.
 
As mais de 800 pessoas que construíram a árvore de Natal humana superaram em muito as melhores expectativas da organização, como garantiu à LUSA, o Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, Luís Filipe Mourinha, que também participou na iniciativa.
 
Além da árvore de Natal humana, o programa da iniciativa incluiu uma aula de zumba e uma caminhada Nightrun Flash Mob, que contou com a participação de cerca de 120 pessoas.
 
Esta iniciativa, que teve por parte da organização promessa de regresso em 2016, com a esperança de aumento do número de participantes, foi promovida pela Câmara Municipal de Estremoz, em parceria com a Associação Rota D'Ossa e a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Estremoz.
 
Ainda incluído nas iniciativas de Natal em Estremoz, está a decorrer, até ao dia 6 de Janeiro, o "Ecomontras", terceiro concurso de montras de Estremoz, com o tema "A Árvore de Natal Amiga do Ambiente", utilizando materiais reutilizáveis.
 
c/ LUSA
 
A associação “Amigos da Bjeka” realizou no passado Domingo, dia 6 de Dezembro, no Restaurante Regional Ramalho, em Estremoz, o seu Encontro Natalício.
 
Estiveram presentes no repasto cerca de 40 amigos da associação estremocense, que aceitaram o repto lançado pela direcção de “Ajudar a acelerar sorrisos neste Natal em Estremoz”, e para além de marcarem presença no almoço, levaram o seu contributo para o Centro Social e Paroquial de Santo André.
 
Os produtos angariados (roupa, alimentos e brinquedos) foram entregues ao Director do Centro Social e Paroquial de Santo André, Padre Fernando, durante a missa que se realizou nesse mesmo dia, às 18 horas.
 
Graças ao projecto “Entre-Gerações”, a CERCIEstremoz foi uma das instituições contempladas com o Prémio BPI Capacitar 2015.
 
A instituição sediada na Quinta de Santo Antão, em Estremoz, recebeu uma menção honrosa no valor de 28.219 euros.
 
A entrega dos prémios decorreu ontem, quinta-feira, dia 3 de Dezembro, Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.
 
O projecto "Entre-Gerações" é uma parceria intergeracional que visa a realização de pequenas intervenções em casa de idosos desfavorecidos, executadas por utentes formados pela instituição, que ganham experiência e curriculum. Este projecto ajuda ainda no combate à solidão dos mais velhos e à integração e futura empregabilidade das pessoas com deficiência.
Realiza-se no próximo dia 19 de Dezembro, a terceira recolha de sangue do ano de 2015 do Grupo Benévolo de Dadores de Sangue do Centro Social e Paroquial de Santo André de Estremoz.
 
Entre as 9 e as 13 horas, nas instalações da antiga Casa Inglesa, com entrada na Avenida Condessa da Cuba, em Estremoz, espera-se a presença de todos aqueles que queiram doar um pouco de si, para benefício daqueles que mais precisam.
 
Hoje pelos outros, amanhã por nós!

III EcoMontras - Concurso de Montras de Estremoz

Escrito por segunda, 23 novembro 2015 19:48
Com o objectivo de promover a sensibilização ambiental e dinamizar o comércio local, a Câmara Municipal de Estremoz promove, de 5 de Dezembro de 2015 a 6 de Janeiro de 2016, o III Ecomontras - Concurso de Montras de Estremoz, este ano com o tema “A Árvore de Natal Amiga do Ambiente”.
 
O concurso, com inscrição gratuita, está aberto a todos os estabelecimentos comerciais sediados no concelho, que se deverão inscrever na Casa de Estremoz, até 30 de Novembro.
 
O júri, que irá proceder à apreciação e classificação das montras a concurso, será definido pela Vereadora do Pelouro do Ambiente e Serviços Urbanos e terá em conta os materiais utilizados na execução da Árvore de Natal, a sua originalidade e criatividade, a harmonia entre a árvore e os restantes artigos expostos na montra, bem como a sua proporcionalidade e enquadramento na montra.
 
Os resultados do presente concurso, serão divulgados dia 4 de Janeiro de 2016 e serão afixados na Casa de Estremoz, nas lojas vencedoras e divulgados no site do Município, havendo para os primeiros cinco classificados os seguintes prémios:
 
- 1º classificado: um espaço de 3mx3m, isento de pagamento, num evento promovido pelo Município de Estremoz (Saldos de Stocks 2016 ou FIAPE 2016) e um compostor doméstico oferecido pela GESAMB - Gestão Ambiental e de Resíduos, EIM;
 
- 2º classificado: um espaço de 3mx3m, isento de pagamento, num evento promovido pelo Município de Estremoz (Saldos de Stocks 2016 ou FIAPE 2016) e dois passes/pulseiras para a FIAPE 2016;
 
- 3º classificado: um espaço de 3mx3m, isento de pagamento, num evento promovido pelo Município de Estremoz (Saldos de Stocks 2016 ou FIAPE 2016);
 
- 4º classificado: um jantar para duas pessoas no Restaurante Venda Azul;
 
- 5º classificado: uma caixa de “Gin Friends”, produzido e engarrafado pelo produtor de vinho Tiago Cabaço e pelo engenheiro agrónomo Luís Ferreira.
 
A todos os participantes será atribuído um diploma de participação.
 
c/ Câmara Municipal de Estremoz