quarta, 20 junho 2018
De 31 de Março a 2 de Abril decorrerá, nas lojas "Continente" e "Meu Super" de todo o país, uma campanha de recolha de alimentos que revertem a favor de famílias sinalizadas pela Cruz Vermelha Portuguesa.
 
A Cruz Vermelha Portuguesa e a Missão Continente associaram-se para promover mais uma recolha de alimentos essenciais como enlatados diversos, leite, cereais, papas para bebé, entre outros, que serão entregues a famílias carenciadas, identificadas pela Cruz Vermelha Portuguesa, através das suas delegações locais, de acordo com as necessidades mais urgentes.
 
Esta iniciativa, que tem como lema “Consigo damos + a quem precisa”, será apoiada por largas centenas de voluntários, que estarão nas lojas "Continente" a aconselhar os portugueses sobre os produtos que devem doar e a receber os contributos de todos os que quiserem participar.
 
Para que possa apoiar esta nobre causa com a dignidade que a mesma merece, a Delegação de Estremoz da Cruz Vermelha Portuguesa precisa de voluntários. Todos os interessados em inscreverem-se como voluntários para participarem nesta recolha, devem contactar a delegação estremocense através do 268333300, pelo mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. , ou dirigindo-se à sede da delegação, no Monte Pistola, em Estremoz.
 
 
 
No dia de ontem, segunda-feira, 27 de Março, o Tribunal da Relação de Évora confirmou a sentença do Tribunal de 1ª Instância, que condenou o Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, Luís Mourinha, a dois anos e oito meses de prisão, com pena suspensa por igual período, e na pena acessória de perda de mandato, pelo crime de prevaricação contra Eduardo Basso, à altura dos factos Presidente da Direcção da LACE - Liga dos Amigos do Castelo de Evoramonte.
 
Em relação à indemnização a pagar, o Tribunal da Relação confirmou os valores proferidos em 1ª Instância pela juíza do Tribunal de Estremoz. Luís Mourinha terá de pagar uma indemnização de 1.882,50 euros acrescidos de juros de mora por danos patrimoniais e 4.500,00 euros por danos não patrimoniais.
 
De recordar que esta queixa-crime contra o Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, foi apresentada por Eduardo Basso, na sequência da suspensão de parte do subsídio que havia sido atribuído à LACE – Liga dos Amigos do Castelo de Évoramonte, em 2009, por se ter suspeitado que não tinham sido realizadas pela associação as actividades propostas e às quais o subsídio se destinava.
 
O presidente da edilidade estremocense já havia sido, neste mesmo processo, absolvido pelo Tribunal de Estremoz, tendo o processo sido mandado arquivar pelo Tribunal de Instrução Criminal de Évora
 
No entanto, em sede de recurso interposto para o Tribunal da Relação de Évora, foi ordenado o reenvio do processo, por meras questões formais, ao Tribunal de Estremoz. No seguimento desta nova apreciação judicial, surgiu a condenação de dois anos e oito meses de prisão, com pena suspensa pelo mesmo período, e a pena acessória de perda de mandato, agora confirmada pelo Tribunal da Relação de Évora.
 
Ardina do Alentejo está em condições de garantir que Luís Mourinha irá recorrer da sentença proferida ontem pelo Tribunal da Relação de Évora. Esse recurso por parte do Presidente da autarquia estremocense faz com que os efeitos decorrentes da sentença sejam suspensos.
Aproveitando a paragem na Liga Portuguesa para os trabalhos das Selecções Nacionais, o treinador do Sport Lisboa e Benfica, Rui Vitória, deslocou-se até ao Alentejo, mais concretamente a Estremoz.
 
O “mister” dos tricampeões nacionais almoçou hoje, dia 25 de Março, no Restaurante Herdade das Servas, tendo o momento ficado registado numa fotografia em que se fez acompanhar de Paulo Baía e Fé Baía, os manos que gerem este já emblemático espaço de restauração da cidade branca do Alentejo.
 

'Marginais' em debate na Cadeia Quinhentista

Escrito por %PM, %13 %542 %2017 %12:%Mar.
No próximo sábado, dia 18 de Março, pelas 16 horas, realiza-se no restaurante estremocense “A Cadeia Quinhentista”, a segunda conferência do ciclo "Diálogos com História e Património", desta feita subordinada ao tema “Marginais”, e cuja organização pertence ao grupo CIDADE - Cidadãos pela Defesa do Património de Estremoz.
 
Episódios de Estremoz Medieval contados pelos ossos” e “Muçulmanos, Judeus e Cristãos no Além Tejo Medieval” são duas palestras, unidas pelo tema central “Marginais”, que irão analisar a diversidade do universo daqueles que vivem à margem da sociedade da Idade Média: os criminosos, mas também os jograis, as prostitutas e os usurários, os doentes e os inválidos, e ainda os judeus, os muçulmanos, os hereges e os pagãos.
 
Na conferência "Episódios de Estremoz Medieval contados pelos ossos", Teresa Matos Fernandes, professora de Antropologia Biológica na Universidade de Évora, apresentará as conclusões sobre a análise dos ossos humanos escavados na necrópole medieval do Rossio de Estremoz.
 
Na conferência "Muçulmanos, Judeus e Cristãos no Além Tejo Medieval", Filomena Barros, professora de História na Universidade de Évora, analisará as relações entre as minorias étnico-religiosas presentes no Sul de Portugal, muçulmanos e judeus, e a maioria cristã, até ao édito de expulsão, em 1496.

Incêndio consome carrinha em Estremoz

Escrito por %AM, %13 %048 %2017 %00:%Mar.
Uma carrinha de transporte de mercadorias, que se encontrava abandonada há algum tempo, na Avenida Condessa de Cuba, em Estremoz, foi neste domingo, dia 12 de Março, consumida por um incêndio.
 
Segundo informações recolhidas junto de elementos dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, o alerta para este incêndio foi dado às 18.07 horas.
 
As causas para que este incêndio tivesse ocorrido estão a ser investigadas pela Polícia de Segurança Pública (PSP).
 
Ainda segundo informações recolhidas no local, a viatura era propriedade de uma família de etnia cigana, que residiu naquela artéria da cidade estremocemse, até há bem pouco tempo.
 
No combate a este incêndio estiveram sete elementos dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, auxiliados por uma viatura de Combate a Incêndio e por uma viatura Tanque, para além de elementos da Esquadra de Estremoz da PSP.
 
A garantia é dada pelo Centro Ciência Viva de Estremoz, ao afirmar que não é necessário esperar pela nova edição da Noite Europeia dos Investigadores – NEI para participar em actividades de Ciência.
 
E a prova disso mesmo é o convite que o Centro Ciência Viva de Estremoz lança a toda a comunidade para que possa compreender o Alzheimer através da Ciência.
 
No próximo dia 9 de Março, quinta-feira, pelas 21 horas, realiza-se no Teatro Bernardim Ribeiro, a iniciativa “Cinema com tertúlia científica”, que vai contar com a participação da investigadora Rita Guerreiro. Esta jovem estremocense, actualmente a residir em Londres, foi premiada em 2014 com o Prémio Europeu de Jovem Investigadora. Rita Guerreiro é formada em Biomedicina e Biomolecular, estudando as variações genéticas de várias doenças neurológicas, em especial Parkinson e Alzheimer.
 
Aproveitando o enredo do filme “O meu nome é Alice” tomamos consciência da realidade social e pessoal dos doentes com Alzheimer. A visualização do filme é o ponto de partida para a explicação científica que a doutora Rita Guerreiro fará sobre esta doença neurológica e os actuais desenvolvimentos científicos.
 
A organização e implementação das actividades da NEI em Estremoz é da responsabilidade do Centro Ciência Viva de Estremoz e conta com o apoio, do Município de Estremoz, da Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade de Évora, do Instituto de Ciências da Terra, do Ciência Viva – ANCCT e da Universidade de Évora. O projecto NEI é financiado pela Comissão Europeia no âmbito das Acções Marie Sklodowska-Curie.
 
Conheça mais actividades em www.noitedosinvestigadores.pt e na página oficial do Facebook em www.facebook.com/neinvestigadores.

Secundária de Estremoz comemora o Dia da Rainha

Escrito por %AM, %02 %132 %2017 %02:%Mar.
E é já na próxima sexta-feira, dia 3 de Março, que a Escola Secundária Rainha Santa Isabel de Estremoz, vai comemorar o “Dia da Rainha”.
 
Neste dia, e como já vem sendo hábito, realizam-se um conjunto muito diversificado de actividades.
 
Do programa de actividades destacamos aquela que, ano após ano, causa mais impacto na comunidade escolar e até mesmo na sociedade estremocense. Trata-se do regresso à secundária estremocense de ex-alunos, que se têm destacado em diferentes áreas profissionais, e que voltam à escola para apresentar os seus testemunhos profissionais, e assim inspirarem os alunos no caminho do sucesso.
 
Este evento ocorrerá na manhã da próxima sexta-feira, pelas 10.20 horas, no Auditório “Moisés Pereira”, com a presença dos ex-alunos Manuel Condenado, Presidente do Município de Vila Viçosa, e João Pais, médico e militar.
 
Do programa do “Dia da Rainha”, salientamos ainda, pelas 20.30 horas, também no auditório “Moisés Pereira”, a realização de mais uma “Gala de Talentos”, onde os alunos da secundária de Estremoz, mostrarão os seus dotes e as suas aptidões, em áreas tão distintas como a dança, o cantar, o teatro, ou a declamação de poesia.
Depois de uma reunião ocorrida na manhã de hoje, quarta-feira. 1 de Março, a OPE - Associação Tauromáquica de Estremoz, adjudicatária da Praça de Touros, e a Câmara Municipal de Estremoz, proprietária do imóvel, decidiram “por unanimidade” adjudicar a realização das corridas de touros durante a temporada de 2017, à empresa do empresário espanhol Carlos Zuñiga Jr., por entenderem ter sido aquele que “apresentou o melhor cartel”.
 
De recordar que a concurso estavam as empresas “Ovação e Palmas”, de Luís Miguel Pombeiro, “Verdadeira Festa”, de Vasco Durão, “Toiros e Tauromaquia”, de António Manuel Cardoso “Nené”, e a empresa de Carlos Zuñiga Jr.
 
A estreia de Carlos Zuñiga Jr. no tauródromo estremocense acontecerá no dia 29 de Abril, na corrida de touros integrada no programa da FIAPE - Feira Internacional Agropecuária de Estremoz, com um mano-a-mano entre Diego Ventura e João Moura Jr., sendo lidados touros de Francisco Romão Tenório, estando ainda por definir quais os forcados presentes neste espectáculo que promete esgotar a Praça de Touros de Estremoz.
 
Em relação à data de Setembro, Zuñiga irá apresentar um Concurso de Ganadarias Ibérico, com touros de ganadarias portuguesas e espanholas, não estando ainda definido qualquer cartel para o espectáculo.
 
À semelhança do que se passou no passado Domingo, cerca de 600 estremofoliões saíram à rua, no dia de hoje, terça-feira, 28 de Fevereiro, naquele que foi o segundo e derradeiro corso carnavalesco da cidade de Estremoz, no ano de 2017, tendo animado as milhares de pessoas, que desafiaram as negras nuvens que pairavam no céu, e marcaram presença nas principais artérias da cidade branca do Alentejo, para vir ver quem brincava ao Carnaval e serem também eles parte integrante de um evento que diverte miúdos e graúdos.
 
14 grupos participantes, 585 foliões e 11 carros alegóricos encheram as ruas da cidade com imensa cor, muita alegria, luz e animação. 
 
O Orfeão de Estremoz “Tomaz Alcaide”, com “Os Cabeçudos” e os “Extraterrestres”, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Estremoz, com o “Saloon Texas Bar”, a Associação Hípica de Estremoz, com os “Piratas”, a Freguesia de São Domingos de Ana Loura, com “Asterix e Obelix”, a Associação Consoante Minguante, com os “Angry Birds”, a ARCA - Associação Recreativa e Cultural de Arcos, com “Jurassic Park”, a GINARTE, com a “Época Medieval”, a Sociedade Filarmónica Luzitana, com os “Mariachi”, o Externato D. Quixote, com “Os Príncipes e as Princesas”, o Clube de Futebol de Estremoz / Cara Linda Produções, com mais “Piratas”, a AVCE - Associação de Veículos Clássicos de Estremoz, com a “Pescaria da AVCE”, a Freguesia de Veiros, com os “Simpsons”, e a Sociedade Filarmónica Artística Estremocense - União, com mais “Asterix e Obelix”, foram os grupos e os temas participantes no segundo corso carnavalesco do Carnaval de Estremoz 2017.
 
O Carnaval de Estremoz é uma organização conjunta da Sociedade Filarmónica Artística Estremocense "União", da Sociedade Filarmónica Luzitana e do Orfeão de Estremoz "Tomaz Alcaide", com o apoio da Câmara Municipal de Estremoz.
 
Ao clicar no link da Foto-Reportagem, Ardina do Alentejo apresenta-lhe as melhores imagens dos dois corsos carnavalescos realizados na cidade de Estremoz, captadas pela objectiva de Ivo Moreira.
 
 
 

Mais Populares