sexta, 07 agosto 2020
sexta, 20 março 2015 00:08

'Alentejana' vai ter este ano o maior pelotão de sempre

Escrito por
A prova será composta por cinco etapas, num total de mais de 800 quilómetros A prova será composta por cinco etapas, num total de mais de 800 quilómetros José Sena Goulão
Cinco etapas, com início em Portalegre e final em Reguengos de Monsaraz, e “o maior pelotão de sempre”. Vai ser assim a 33ª Volta ao Alentejo em bicicleta, que vai estar na estrada entre os dias 25 e 29 de Março deste mês, e que foi hoje, quinta-feira, 19 de Março, apresentada no auditório da Biblioteca de Reguengos de Monsaraz.
 
Segundo revelou hoje, quinta-feira, dia 19 de Março, o Director-Técnico da prova, Joaquim Gomes, a “Alentejana” vai ter este ano "um recorde absoluto" de participantes, com um pelotão de 180 ciclistas de 23 equipas, 12 portuguesas e 11 estrangeiras.
 
O antigo corredor salientou ainda que a Volta ao Alentejo vai continuar a ser "a única prova do mundo por etapas que não apresenta um vencedor repetente", uma vez que este ano não participa nenhum dos anteriores vencedores.
 
O pelotão da “Alentejana” deste ano é constituído por 12 equipas portuguesas, das quais seis do escalão continental (W52/Quinta da Lixa, Rádio Popular/Boavista, LA Alumínios/Antarte, Efapel, Team Tavira e Louletano/Ray Just Energy).
 
Moreira Congelados/Feira/KTM, Anicolor, C.C. José Maria Nicolau, Maia/Ribeiros Bike Shop, Liberty Seguros/Carglass e Sicasal/Constantinos/Udo são as restantes equipas portuguesas em prova.
 
A lista das equipas fica completa com 11 estrangeiras (as norte-americanas USA Cycling, Optum P/B Kelly Benefit Strategies e Axeon, as norueguesas Team Coop/Oster Hus e Team Fix-it.No, a polaca Activejet Team, as espanholas Euskadi e Murias/Taldea, a russa Lokosphinx, a holandesa Metec - TKH Continental e a equatoriana Team Ecuador).
 
À semelhança do que aconteceu no ano passado, a prova tem cinco etapas, num total de mais de 800 quilómetros. O traçado apresenta como novidades o regresso de Portalegre e Beja à lista de localidades por onde passa a prova, ficando de fora Évora, que em 2014 recebeu a chegada da última etapa.
 
A primeira etapa liga Portalegre a Castelo de Vide, num total de 143 quilómetros, sendo a segunda de 152 quilómetros, entre Castelo de Vide e Mora.
 
A terceira tirada da “Alentejana” é a mais longa, com os ciclistas a terem de percorrer quase 190 quilómetros, de Portel a Mértola.
 
No penúltimo dia de prova, o pelotão vai partir de Aljustrel para 143 quilómetros até Vila Nova de Santo André, no concelho de Santiago do Cacém.
 
Para a derradeira etapa, a organização preparou um total de 175 quilómetros, com partida em Alcácer do Sal e chegada a Reguengos de Monsaraz.
 
A Volta ao Alentejo em bicicleta é organizada pela Podium (ex-PAD) e pela Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC).
 
Etapas:
25 Março - 1ª etapa: Portalegre - Castelo de Vide, 143,7 km.
26 Março - 2ª etapa: Castelo de Vide - Mora, 152,5 km.
27 Março - 3ª etapa: Portel - Mértola, 189,6 km.
28 Março - 4ª etapa: Aljustrel - Vila Nova de Santo André, 143,7 km.
29 Março - 5ª etapa: Alcácer do Sal - Reguengos de Monsaraz, 175,1 km.
 
c/ LUSA
 
Modificado em sexta, 20 março 2015 01:34

Deixe um comentário