domingo, 13 outubro 2019
sexta, 05 julho 2019 02:51

Concluído processo de Certificação - CFE tem Escola de Futebol certificada pela FPF

Escrito por
A FPF pretende com este processo de certificação dos clubes melhorar a qualidade do processo formativo dos jovens praticantes de futebol e futsal A FPF pretende com este processo de certificação dos clubes melhorar a qualidade do processo formativo dos jovens praticantes de futebol e futsal DR
Depois da análise do Relatório Final de avaliação, e tendo em linha de conta a pontuação global obtida, o cumprimento dos requisitos mínimos de acesso, bem como dos 38 critérios obrigatórios respectivos, nos termos do artigo 12º do Regulamento de Certificação de Entidades Formadoras, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu classificar a Escola de Futebol do Clube de Futebol de Estremoz (CFE) como uma Escola de Futebol Certificada com 2 Estrelas.
 
A FPF pretende com este processo de certificação dos clubes melhorar, de forma gradual, a qualidade do processo formativo dos jovens praticantes de futebol e futsal, em todas as vertentes, estimulando e apoiando todas as entidades que desenvolvem actividade na área da formação desportiva.
 
O processo de certificação de Entidades Formadoras na FPF, teve início em Janeiro de 2015, com o objectivo de dar resposta à legislação prevista sobre esta matéria, nomeadamente a inscrita na anterior Lei 28/98, de 26 Junho, substituída pela Lei 54/2017, de 14 de Julho, que deixa clarificado: “para efectuar o registo de Contratos de Formação Desportiva (CFD), na respectiva Federação, o clube tem que obter a Certificação como Entidade Formadora”. Para além do imperativo legal, a certificação de Entidades Formadoras, pretende igualmente contribuir para a melhoria da qualidade do processo de formação dos jogadores nacionais.
 
Além da subida da qualidade organizacional e formativa dos clubes, visa assegurar-se ainda o respeito pelas regras de protecção da saúde e segurança dos participantes, bem como, o cumprimento das regras técnicas da modalidade.
 
O processo de certificação permite ainda que qualquer Entidade Formadora Certificada pela FPF, garanta um reforço das verbas relacionadas com o mecanismo de compensação, em comparação com os clubes não certificados.
 
A FPF e as Subcomissões de Certificação das associações distritais avaliaram, só na última época desportiva, 754 entidades desportivas no futebol e futsal.
 
No distrito de Évora, foram 18 os clubes que apresentaram candidatura de certificação. Para além do CFE, a Subcomissão de Certificação da Associação de Futebol de Évora (AFE) viu mais 12 clubes serem certificados pela FPF:
 
- Estrela Futebol Clube (Centro Básico Formação de Futebol)
- Grupo Desportivo de Portel (1 Estrela)
- Lusitano Clube Desportivo Arraiolense (1 Estrela)
- Associação Estrela V.N. 1920 (2 Estrelas)
- Associação Lusitano Évora 1911 (2 Estrelas)
- Grupo Desportivo e Recreativo de Canaviais (2 Estrelas)
- Grupo União Sport (2 Estrelas)
- Juventude Sport Clube (2 Estrelas)
- Lusitano Ginásio Clube (2 Estrelas)
- O Calipolense (2 Estrelas)
- Sport Clube Borbense (2 Estrelas)
- Associação de Moradores Bairro da Torregela (Futsal - 1 Estrela)
 
Através de uma publicação na sua página oficial na rede social Facebook, a AFE endereça os parabéns “a todos os clubes certificados, pela coragem, empenho e dedicação na defesa dos superiores interesses da instituição que representam”.
 
Na mesma publicação acrescenta ainda que “aos poucos clubes que se candidataram mas não conseguiram a sua certificação fica uma primeira experiência, que, com certeza, será um passo importante para prepararem melhor o seu processo com vista à certificação na próxima época”.
Modificado em sexta, 05 julho 2019 03:05

Deixe um comentário