quarta, 17 outubro 2018

E está quebrado o enguiço! Espanhol Barbero faz história na “Alentejana”

Escrito por  Publicado em Desporto segunda, 27 fevereiro 2017 18:40
Por equipas, a 35ª Volta ao Alentejo em Bicicleta foi ganha pela norte-americana Axeon Hagens Berman Por equipas, a 35ª Volta ao Alentejo em Bicicleta foi ganha pela norte-americana Axeon Hagens Berman DR
Carlos Barbero, da Movistar Team, tornou-se, no dia de ontem, Domingo, em Évora, o primeiro corredor a inscrever, por duas vezes, o nome na lista de vencedores da Volta ao Alentejo em Bicicleta. O espanhol, de 25 anos, quebrou uma “teimosia” que durou 34 edições, fazendo da “Alentejana” um caso desportivo único no mundo do ciclismo em provas por etapas.
 
Sem ganhar uma única vez, mas “especialista” em aproveitar todas as oportunidades para bonificar, Barbero mal terminou a prova fez questão de aguardar em plena recta da meta para saudar os companheiros de equipa e festejar a vitória em conjunto. “Sem os meus colegas de estrada nada seria possível, tenho de agradecer o trabalho de toda a semana porque foram espectaculares”, desabafou o corredor de Burgos. “Queria quebrar esta famosa tradição. É algo muito importante para mim”. E assim se fez história na Volta ao Alentejo!
 
Ao fim de cinco dias a percorrer todas as latitudes da região alentejana, uma Évora solarenga e com uma imensa multidão espalhada nos últimos metros do percurso, que terminou na Praça do Giraldo, assistiu a novo triunfo de etapa do colombiano Juan Molano Benavides, da Manzana Postobón Tea, na última tirada da “Alentejana”. Sebastian Molano, como é mais conhecido fora da Europa, provou, tal como na chegada a Mértola, ser bastante forte em sprints discutidos em plano inclinado e empedrado. Christopher Lawless, da Axeon Hagens Berman, e Dylan Page, da Caja Rural Seguros, chegaram à cidade Património Mundial da Humanidade, em segundo e terceiro lugar respectivamente, com o mesmo tempo do vencedor.
 
Por equipas, a quinta etapa da “Alentejana” foi ganha pela norte-americana Axeon Hagens Berman, com o mesmo tempo da segunda classificada, a colombiana Manzana Postobon Tea. A três segundos da equipa vencedora da tirada ficou a W52/FC Porto.
 
Já líder e portador da camisola amarela desde a segunda etapa, Carlos Barbero chegou a Évora no quinto lugar, mas com a vantagem suficiente para “bisar” na “Alentejana” e até porque o segundo na geral, o italiano do Sporting / Tavira, Rinaldo Nocentini, já não assustava. Nas contas finais o “sportinguista” ficou a 16 segundos do líder enquanto o holandês Jasper de Laat, da Metec-TKH, fechou o pódio com mais 25 segundos e a camisola branca, de melhor jovem em prova. O melhor português da geral foi Edgar Pinto, da LA - Metalusa Blacjack, que terminou a competição na sétima posição, a 31 segundos do primeiro classificado.
 
Por equipas, a 35ª Volta ao Alentejo em Bicicleta foi ganha pela norte-americana Axeon Hagens Berman. A colombiana Manzana Postobon Tea, a 32 segundos, e a portuguesa Sporting / Tavira, a 51 segundos, fecharam o pódio da “Alentejana” na classificação geral por equipas.
 
Uma etapa de luta e consagração
O sorriso aberto do astro rei foi o maior amigo da quinta e derradeira etapa da Volta ao Alentejo 2017, tendo encorajado um grupo de cinco corredores a isolar-se na frente, com apenas cinco quilómetros percorridos, depois da partida de Ferreira do Alentejo.
 
Andreas Vangstad, da Team Sparebanken, Julen Irizar, da Euskadi, Adam de Vos, da Rally Cycling, Bas Tietema, da An Post Chain e Marcin Mrozek, da CCC Sprandi não conseguiram nunca grande vantagem porque o pelotão, sobretudo controlado pela Movistar, não permitiu grandes distâncias.
 
O grupo foi alcançado a 25 quilómetros da chegada, mesmo a tempo dos dois primeiros da classificação geral discutirem a Meta Volante de Arraiolos, onde Nocentini conseguiu roubar um escasso segundo a Barbero. A passagem na terra dos tapetes deixou o grupo dividido em dois mas as decisões estavam no primeiro conjunto, onde seguiam os aspirantes à vitória em Évora. Foi em pleno coração da cidade Património da Humanidade que se fizeram as contas finais e se escreveu mais uma página da “Alentejana”.
 
Para além de vencer a camisola amarela, Carlos Barbero, da Movistar Team, garantiu também a camisola preta, da classificação por pontos ou regularidade. Aldemar Ortega, da Manzana Postobón, foi o melhor trepador da “Alentejana” e desde o primeiro dia envergou a camisola castanha.
 
Carlos Barbero, o promissor espanhol
Natural de Burgos, Carlos Barbero tem 25 anos e está a concluir o curso de Engenharia Mecânica Industrial. Iniciou a carreira profissional no ciclismo, em 2012, e um ano depois conseguiu a primeira vitória. Neste momento já soma quatro triunfos. Considerado um dos corredores mais promissores de Espanha, Barbero estreou-se este ano no World Tour com a Movistar e agora marca a história da “Alentejana” ao vencer pela segunda vez.
 
FILME DO DIA
Meta Volante - Alvito - quilómetro 62,8
1º - Andreas Vangstad (Team Sparebanken)
2º - Bas Tietema (Na Post Chain)
3º - Adam de Vos (Rally Cycling)
 
Meta Volante - Alcáçovas - quilómetro 90,4
1º - Andreas Vangstad (Team Sparebanken)
2º - Adam de Vos (Rally Cycling))
3º - Julen Irizar (Euskadi)
 
Prémio de Montanha - Montemor-o-Novo (4ª categoria) - quilómetro 122,6
1º - Marcin Mrozek (CCC Sprandi)
2º - Andreas Vangstad (Team Sparebanken)
3º - Bas Tietema (Na Post Chain)
 
Meta Volante - Arraiolos - quilómetro 144,6
1º - Rinaldo Nocentini (Sporting/Tavira)
2º - Carlos Barbero (Movistar Team)
3º - Logan Owen (Axeon Hagens Berman)
 
Chegada - Évora
1º - Juan Molano Benavides (Manzana Postobón Tea)
2º - Christopher Lawless (Axeon Hagens Berman)
3º - Dylan Page (Caja Rural Seguros)
4º - Jhonnatan Navaez Prado (Axeon Hagens Berman)
5º - Carlos Barbero (Movistar Team)
 
Classificação Geral Individual
1º - Carlos Barbero (Movistar Team) - 20:28:04
2º - Rinaldo Nocentini (Sporting / Tavira) - a 16 segundos
3º - Jasper de Laat (Metec-TKH) - a 25 segundos
4º - Krister Hagen (Team Coop) - a 28 segundos
5º - Edward Dunbar (Axeon Hagens Berman) - a 29 segundos
 
Classificação Geral Equipas
1º - Axeon Hagens Berman (EUA) - 61:25:40
2º - Manzana Postobón Tea (COL) - a 32 segundos
3º - Sporting / Tavira (POR) - a 51 segundos
4º - LA - Metalusa Blacjack (POR) - a 54 segundos
5º - Efapel (POR) - a 1:47 minutos
 
Classificação Geral - Pontos
1º - Carlos Barbero (Movistar Team) - 93 pontos
2º - Rinaldo Nocentini (Sporting / Tavira) - 58 pontos
3º - Juan Molano Benavides (Manzana Postobón Tea) - 54 pontos
 
Classificação Geral - Montanha
1º - Aldemar Ortega (Manzana Postobón Tea) - 20 pontos
2º - Edward Dunbar (Axeon Hagens Berman) - 12 pontos 
3º - Frederico Figueiredo (Sporting / Tavira) - 8 pontos
 
Classificação Geral - Juventude
1º - Jasper de Laat (Metec-TKH) - 20:28:29
2º - Edward Dunbar (Axeon Hagens Berman) - 20:28:33
3º - Logan Owen (Axeon Hagens Berman) - 20:28:34

Deixe um comentário