sábado, 25 novembro 2017

Classificações do EstremozBike 2015

Escrito por domingo, 10 maio 2015 15:55
Mini-Maratona - 25 quilómetros
Masculinos
1º - 1679 - FILIPE SILVA - AJAL/Printalentejo/Pimentao Mourita - Escoural
2º - 1504 - RUI MOREIRA - GUMI - Estremoz
3º - 1512 - TIAGO SENA - BTT SCCampoMaiorense - Campo Maior
 
Femininos
1º - 1488 - CLÁUDIA LEIRÃO - Os Pedaleiras A.C.Évora - Évora
2º - 1070 - ANA MARTINS - Furões do Alentejo - Vendas Novas
3º - 1676 - AMÉLIA CARETO - BAT - Clube Ciclismo da Igrejinha - Igrejinha
 
Escalão dos 12 aos 18 anos
1º - 1679 - FILIPE SILVA - AJAL/Printalentejo/Pimentao Mourita - Escoural
2º - 1512 - TIAGO SENA - BTT SCCampoMaiorense - Campo Maior
3º - 1477 - MIGUEL ROSADO - BTTAssumar/Muachos - Assumar
 
Meia-Maratona - 50 quilómetros
Masculinos
1º - 1476 - RUI CARVALHO - Bicicletas Santiago - Fortios
2º - 1133 - HÉLDER SILVA - Superbikes/Olympia/Espigão Suplementos - Poceirão
3º - 1725 - MARCO MESTRE - Penhas-BTTeam.com - Castelo de Vide
 
Femininos
1º - 1542 - ANA CEBOLA - GDR Canaviais \ Comprar Casa Évora - Canaviais
2º - 1706 - VÂNIA ALCOBIA - Individual - Águas de Moura
3º - 1478 - SARA LOPES - Associação de Cicloturismo e BTT do Fôjo - Abrantes
 
Maratona - 100 quilómetros
Masculinos
1º - 1287 - DAVID MALTEZ - Clube Cuba Aventura - Cuba
2º - 1474 - TIAGO LAVADELAS - BTTAssumar/Muachos - Assumar
3º - 1071 - DIOGO MODESTO - Glória BTT - Glória do Ribatejo
 
TAÇA DE PORTUGAL MARATONAS XCM 2015 - 3ª etapa
Masculinos
ELITES (maiores de 19 anos)
1º - 5 - JOSÉ RODRIGUES - FC Famalicão / Bike Zone / Soniturismo
2º - 3 - RENATO FERREIRA - SAERTEX Portugal / Edaetech
3º - 6 - JOÃO MOREIRA - Individual
 
MASTERS 30 (dos 30 aos 34 anos)
1º - 62 - LUÍS MARTINS - Marrazes/Brejinho/Joficina/BikeZone Leiria
2º - 66 - JOSÉ SORO - EDV-VianaCycles/EntrePortas/MyPharma
3º - 65 - CARLOS RAMOS - SAERTEX Portugal / Edaetech
 
MASTERS 35 (dos 35 aos 39 anos)
1º - 94 - NUNO INÁCIO - Viveiros Vitor Lourenço/ Sintra C. Ciclismo
2º - 91 - RUI TORPES - Individual
3º - 92 - VALÉRIO FERREIRA - BTT Loulé / BPI
 
MASTERS 40 (dos 40 aos 44 anos)
1º - 136 - FRANCISCO ANJOS - SAERTEX Portugal / Edaetech
2º - 140 - JOÃO TEIXEIRA - SAERTEX Portugal / Edaetech
3º - 134 - RUI ANJOS - EDV-VianaCycles/EntrePortas/MyPharma
 
MASTERS 45 (dos 45 aos 49 anos)
1º - 163 - RODOLFO LOPES - EDV-VianaCycles/EntrePortas/MyPharma
2º - 162 - FERNANDO CARRIÇO - BTT Seia
3º - 166 - FERNANDO GOUVEIA - Azuribike Mangualde Team
 
MASTERS 50 (dos 50 aos 54 anos)
1º - 185 - JOÃO MARQUES - BTT Seia
2º - 187 - ADELINO CRUZ - BTT Loulé / BPI
3º - 196 - PEDRO MARQUES - Anipura/dualUP/Nutrimania
 
MASTERS 55 (acima dos 55 anos)
1º - 201 - CARLOS CORREIA - BTT Loulé / BPI
2º - 200 - VÍTOR GRAÇA - Associação 20 Kms de Almeirim
3º - 204 - BENJAMIM SILVA - ASC / Focus Team - Vila do Conde
 
Femininos
ELITES (maiores de 19 anos)
1º - 608 - ANA ANTUNES - Team SAPOR
2º - 601 - TÂNIA NEVES - Clube BTT de Águeda / Blackjack
3º - 604 - CELINA CARPINTEIRO - BTT Loulé / BPI
 
MASTERS 30 (dos 30 aos 39 anos)
1º - 614 - RAQUEL MARQUES - ASC / Focus Team - Vila do Conde
2º - 615 - ÂNGELA GONÇALVES - BTT Gardunha/Fundão 365 à descoberta
3º - 616 - MARINA LEITÃO - SAERTEX Portugal / Edaetech
 
MASTERS 40 (maiores de 40 anos)
1º - 623 - ELISETE SOUSA - BTT Loulé / BPI
2º - 629 - CLARA PRAZERES - Anipura/dualUP/Nutrimania
3º - 625 - FILOMENA PAULO - Anipura/dualUP/Nutrimania
 
PARACICLISTAS
Masculinos
1º - 704 - DAVID INÁCIO - ProRebordosa / Garrafeira Gomes
2º - 705 - FÁBIO INÁCIO - ProRebordosa / Garrafeira Gomes
 
EQUIPAS ELITE
1º - SAERTEX Portugal / Edaetech
2º - BTT Loulé / BPI
3º -  Vasconha BTT Vouzela
 
EQUIPAS MASTERS
1º - BTT Loulé / BPI
2º -  SAERTEX Portugal / Edaetech
3º -  EDV-VianaCycles/EntrePortas/MyPharma
A cidade de Estremoz e os trilhos da Serra d’Ossa estão a ser “invadidos” por cerca de mil betetistas, que se deslocaram à cidade branca do Alentejo para participarem na edição de 2015 do Estremoz Bike.
 
Para além da disputa de mais uma etapa, a 3ª, da Taça de Portugal Maratonas XCM 2015, o Estremoz Bike contempla mais três provas de BTT: a Mini-Maratona, com 25 quilómetros, a Meia-Maratona, com 50 quilómetros, e a Maratona, com 100 quilómetros.
 
O Estremoz Bike 2015 é uma organização conjunta da Associação BTTMOZ - Sobe e Desce Team, da Associação Rota d’Ossa e da Câmara Municipal de Estremoz, com a colaboração de várias entidades.
 
* Estão na estrada e nos trilhos da Serra d'Ossa, 998 atletas, sendo 240 federados e 758 não federados.
 
* No single track da Raposa, sensivelmente ao quilómetro 20, o dorsal nº 61, Vasco Carvalho, da equipa "Os Mouros", vai na frente do Estremoz Bike 2015.
 
* Na zona da Maia, a seguir às Mártires, o dorsal nº 101, Nuno Mourato, da Europcar, de Portalegre, avariou e abandonou a competição. 
 
* Na zona do Cerejal, o dorsal 358, Sérgio Simões, da UCA - União de Ciclismo do Alentejo, de Évora, caiu, com suspeita de traumatismo craniano.
 
* Mais duas desistências no Estremoz Bike 2015. O dorsal 1077, Vitor Campos, da Templarios BTT/EA Motors, de Abrantes, e o dorsal 1374, Emilio Candeias, da Barbaris BTT, de Elvas, por motivos de avaria abandonam a competição.
 
* O dorsal 1476, Rui Carvalho, da Bicicletas Santiago, de Fortios, o dorsal 1133, Hélder Silva, da Superbikes, do Poceirão e o dorsal 1725, Marco Mestre, da Penhas-BTTeam.com, de Castelo de Vide foram os primeiros betetistas a competir na Meia-Maratona, a prova dos 50 quilómetros, a passar ao Alto de São Gens.
 
* Por motivo de queda, ocorrida na Descida do acero do Alto de São Gens, o dorsal 1137, Luís Lopes, da KBikes, do Sobral de Monte Agraço, abandonou o Estremoz Bike 2015.
 
* O dorsal 1420, João Margalha, do CCBTT Elvas, desistiu do Estremoz Bike 2015, após queda verificada no single track do Cerejal.
 
* Ao quilómetro 27,7 no percurso da Maratona dos 100 quilómetros, o dorsal 1605, Dumitru Topada, da equipa GUSS BTT, de São Cristóvão, foi obrigado a desistir do Estremoz Bike 2015, devido a queda.
 
* A partida do Estremoz Bike 2015, contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, Luís Filipe Mourinha, e Luís Costa, atleta paralímpico que vai representar Portugal nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a quem a organização vai doar todo o lucro da venda dos jerseys da edição de 2015 do Estremoz Bike.
 
* Também é feito de curiosidades o Estremoz Bike 2015. O dorsal 1145, Firmino Paulo, concorrente individual, de Portalegre, partiu com 58 minutos de atraso... Motivo: o facto de se ter esquecido dos sapatos de encaixe em casa. Depois de ter ido a casa buscar os sapatos, partiu à conquista dos trilhos da Serra d'Ossa.
 
*E já são conhecidas as classificações da Mini-Maratona, na distância de 25 quilómetros.
Nos masculinos, o primeiro foi o dorsal 1679, Filipe Silva, da AJAL/Printalentejo/Pimentao Mourita, do Escoural, o segundo foi o número 1504, Rui Moreira, em representação da "GUMI" - Estremoz, e o terceiro foi o dorsal 1512, Tiago Sena, do BTT SCCampoMaiorense.
Em femininos, a vitória sorriu ao dorsal 1488, Cláudia Leirão, da equipa Os Pedaleiras A.C.Évora, em segundo lugar ficou o dorsal 1070, Ana Martins, dos Furões Do Alentejo, de Vendas Novas, e em terceiro ficou o dorsal 1676, Amélia Careto, do BAT - Clube Ciclismo da Igrejinha.
No escalão dos 12 aos 18 anos, o primeiro foi o dorsal 1679, Filipe Silva, da AJAL/Printalentejo/Pimentao Mourita, do Escoural, o segundo foi o dorsal 1512, Tiago Sena, do BTT SCCampoMaiorense, e o terceiro foi o dorsal 1477, Miguel Rosado, do BTTAssumar/Muachos, de Bencatel.
 
* E já são conhecidas as classificações da Meia-Maratona, na distância de 50 quilómetros.
Nos masculinos, Rui Carvalho, das Bicicletas Santiago, de Fortios, com o dorsal 1476 foi o primeiro a chegar à linha de meta instalada em frente à Câmara Municipal de Estremoz. Hélder Silva, em representação da Superbikes/Olympia/Espigão Suplementos, do Poceirão, com o dorsal 1133, foi o segundo classificado, enquanto que o terceiro lugar pertenceu ao dorsal 1725, Marco Mestre, da Penhas-BTTeam.com, de Castelo de Vide.
No escalão feminino, a vitória foi alcançada pelo dorsal 1542, Ana Cebola, da G.D.R Canaviais\ Comprar Casa Évora, o segundo lugar pertenceu a Vânia Alcobia, de Águas de Moura, que competiu com o dorsal 1706, e o terceiro lugar foi alcançado pelo dorsal 1478, Sara Lopes, da Associação de Cicloturismo e BTT do Fôjo, de Abrantes.
 
* E já são conhecidas as classificações da Maratona, na distância de 100 quilómetros.
A vitória foi alcançada pelo dorsal 1287, David Maltez, do Clube Cuba Aventura, o segundo lugar pertenceu a Tiago Lavadelas, do BTTAssumar/Muachos, e o lugar mais baixo do pódio foi alcançado pelo dorsal 1071, Diogo Modesto, do Glória do Ribatejo BTT.
 
*notícia actualizada às 15.54 horas*
O primeiro dos mais tradicionais torneios de futsal do Alentejo vai decorrer entre 28 de Maio e 13 de Junho, em Veiros, freguesia do concelho de Estremoz. As inscrições para o torneio de futsal já estão abertas para os escalões de seniores (150 €), veteranos e femininos (75 €).
 
Quanto a prémios, o vencedor arrecadará 2 mil euros e ao segundo classificado corresponderá um prémio de 700 euros. Nos escalões femininos e veteranos, os vencedores arrecadaram 150 euros.
 
Haverá troféus para as formações com o melhor registo de fair-play, equipa menos batida e para o melhor marcador do torneio. O evento contempla também outras competições, nomeadamente em escalões mais jovens. Por ser realizado num complexo desportivo ao ar livre, a prova assume um cariz lúdico-desportivo singular, ao qual corresponde sempre um grande número de público adepto desta modalidade. 
 
Os fins-de-semana e vésperas de feriados dos dezoito dias da competição serão acompanhados por uma série de actividades festivas (concertos, discotecas, entre outros). 
 
O Torneio de Futsal de Veiros é uma organização da Associação Desportiva e Cultural Veirense, com o apoio da Câmara Municipal de Estremoz e Junta de Freguesia de Veiros.

Estremoz Bike é já no próximo Domingo

Escrito por quarta, 06 maio 2015 12:48
No próximo Domingo, a cidade de Estremoz e os trilhos da Serra d’Ossa serão “invadidos” por cerca de mil betetistas, que se deslocam à cidade branca do Alentejo para participarem na edição de 2015 do Estremoz Bike.
 
Para além da disputa de mais uma etapa, a 3ª, da Taça de Portugal Maratonas XCM 2015, o Estremoz Bike contempla mais três provas de BTT: a Mini-Maratona, com 25 quilómetros, a Meia-Maratona, com 50 quilómetros, e a Maratona, com 100 quilómetros.
 
No dia seguinte ao fecho das inscrições, “Ardina do Alentejo” esteve à conversa com Carlos Merino, Presidente da Direcção da associação BTTMOZ - Sobe e Desce Team, uma das entidades organizadoras de um dos maiores eventos realizados em Estremoz, e um dos maiores eventos desportivos do Alentejo.
 
Ardina do Alentejo - Com que expectativa está a organização para a edição de 2015 do Estremoz Bike?
Carlos Merino (CM) - A mesma dos anos anteriores. Que este seja o melhor EstremozBike de todas as edições.
 
Ardina do Alentejo - Esta tem sido uma iniciativa que tem vindo a crescer todos os anos... Até onde pode ir o Estremoz Bike?
CM - Em número de participações, num evento de BTT quantidade não representa qualidade. É preferível mantermos os “pés bem assentes na terra” e preocuparmos principalmente em manter a qualidade do nosso evento. Um milhar é o número certo para a nossa cidade.
 
Ardina do Alentejo - Quem está de fora não tem a mínima noção do trabalho que dá organizar um Estremoz Bike... Alguma vez te arrependeste de te ter metido nesta "loucura"?
CM - Não, muito pelo contrário. Cada vez tenho mais orgulho de fazer parte de um dos maiores eventos desportivos do Alentejo.
 
Ardina do Alentejo - Que mensagem deixas a quem for ler esta entrevista...?
CM - O Estremozbike é mais que um evento desportivo, é a festa do BTT, convívio e gosto pela natureza. É uma maneira de trazer novas pessoas à nossa cidade.
 
O Estremoz Bike 2015 é uma organização conjunta da Associação BTTMOZ - Sobe e Desce Team, da Associação Rota d’Ossa e da Câmara Municipal de Estremoz, com a colaboração de várias entidades.
Bruno Ferreira, um jovem piloto de apenas 19 anos, morreu hoje, Sábado, dia 2 de Maio, quando disputava o primeiro troço da 27ª edição do Rali TT Vinhos Carmim de todo-o-terreno. A morte do piloto de quad motivou a anulação das provas de motos, quad (moto quatro) e buggy.
 
Fonte da organização da prova, pontuável para o campeonato nacional de todo-o-terreno, explicou à Lusa que Bruno Ferreira despistou-se logo no início do primeiro troço, ao quilómetro quatro, tendo “morte imediata”.
 
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora indicou que o alerta foi dado às 08:08, para um acidente ocorrido naquela prova, entre Alandroal e Reguengos de Monsaraz, tendo prestado socorro uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Alandroal, que se encontrava no serviço de prevenção à prova.
 
O corpo de Bruno Ferreira, segundo a mesma fonte do CDOS, foi encaminhado para o Gabinete de Medicina Legal do Hospital do Espirito Santo, em Évora.
 
Em Idanha-a-Nova, com apenas 17 anos e logo na sua primeira temporada de quad, Bruno Ferreira tinha-se sagrado Campeão Nacional Promoção Quad 2014.
 
Face a este acidente, a Federação Portuguesa de Motociclismo (FPM) anulou as provas de motos, quad e buggy, mantendo apenas as de automóveis.
 
A FMP bem como toda a família do todo-o-terreno expressam as suas mais sentidas condolências aos familiares e amigos deste piloto”, refere a federação numa nota enviada à imprensa.
No passado sábado, 18 de Abril, no dia em que completou 29 anos de existência, o Clube de Ténis de Montemor-o-Novo, inaugurou oficialmente a cobertura do campo nº 4. Esta é uma obra que teve um custo superior a 182 mil euros, tendo sido co-financiada pelo FEDER e que contou com o apoio da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo.
 
O Presidente da Associação de Ténis do Alentejo marcou presença na cerimónia tendo referido que “esta é uma obra muito importante para o ténis, para todo o Alentejo e principalmente para o Clube de Ténis de Montemor-o-Novo”. Filipe Serrote frisou ainda que “este tipo de obras só se conseguem com muito trabalho, com pessoas dedicadas, e com um projecto muito bem definido”.
 
A Presidente do Clube de Ténis de Montemor-o-Novo disse que “no Clube de Ténis todos os dias são especiais”. Cristina Reis salientou que “aqui produzimos campeões e queremos fazer sempre mais. Hoje a Ana Lemos não pode estar aqui porque está na Selecção Nacional”. Concluiu dizendo que “são 29 anos de muito trabalho mas muita alegria e amor. A cobertura é uma obra da qual nos orgulhamos muito e que os montemorenses e alentejanos se podem orgulhar porque é única”.
 
A parte que não foi financiada no âmbito do InAlentejo, uma verba a rondar os 45 mil euros, foi comparticipada pela Câmara Municipal de Montemor-o-Novo. A este valor acrescem alguns materiais cedidos pela autarquia para requalificação da envolvente deste campo.
 
De acordo com Hortênsia Menino, presidente da Câmara Municipal local, esta obra “resulta do empenho e esforço do Clube de Ténis de Montemor-o-Novo”. Para a autarquia “o apoio e a parceria que fizemos para a concretização desta obra é o exemplo do trabalho que temos feito com o movimento associativo da cidade e do concelho”, disse Hortênsia Menino, que completou dizendo que esta estrutura “vai dar melhores condições para a prática desportiva do clube de ténis e permitir que aqui se faça outro tipo de iniciativas aproveitando a cobertura. É uma mais-valia do ponto de vista dos equipamentos desportivos”.
 
c/ Rádio Nova Antena
 

Parabéns Sport Clube Borbense!

Escrito por segunda, 13 abril 2015 00:34
No dia 13 de Abril do já longínquo ano de 1945 nascia aquele que viria a ser um dos mais importantes e carismáticos clubes do Alentejo, o Sport Clube Borbense.
 
Para assinalar essa data gloriosa, a actual direcção, liderada por Benjamim Espiguinha, resolveu, durante todo o ano de 2015, realizar um conjunto de actividades que têm como objectivo principal envolver os sócios e simpatizantes do clube azul, bem como todas as equipas do clube da cidade de Borba.
 
No dia de hoje, segunda-feira, 13 de Abril, dia de aniversário, realiza-se na sede do clube, a partir das 14.30 horas, um Torneio de Sueca. Mais tarde, pelas 20.30 horas, terá lugar, igualmente na sede do SC Borbense, uma Assembleia Geral comemorativa da data. Às 21.30 horas, e depois de sopradas as 70 velas do Bolo de Aniversário, será servido um Borba d’Honra.
 
No dia em que o clube azul celebra 70 anos de vida, “Ardina do Alentejo” associa-se à efeméride e endereça a todos os dirigentes, atletas, sócios e simpatizantes do Sport Clube Borbense, votos de parabéns. 
 

E no final a ‘Alentejana’ falou polaco!

Escrito por domingo, 29 março 2015 19:10
Pawel Bernas, da Activejet Team, é o grande vencedor da 33ª edição da Volta ao Alentejo em Bicicleta, que hoje terminou na Cidade Europeia do Vinho, Reguengos de Monsaraz. No dia em que a volta passou por Estremoz, e a ‘Alentejana’ chegou ao fim, o polaco cortou a meta, instalada na Praça da Liberdade, em Reguengos de Monsaraz, integrado no pelotão, completando os 804,6 quilómetros totais da competição, em 18 horas, 31 minutos, e 53 segundos.

 
Pawel Bernas venceu a 33ª Volta ao Alentejo, com sete 
segundos de vantagem sobre a dupla composta pelo espanhol Delio Fernandez, da W52 – Quinta da Lixa, e pelo neozelandês Team Axeon, James Oram. O melhor português da ‘Alentejana’ foi Samuel Caldeira, da W52 – Quinta da Lixa, que ficou na quarta posição da geral, a 10 segundos do vencedor.
 
A geral por equipas foi ganha pela equipa do camisola amarela, a polaca Activejet Team, que gastou no total da prova, 55 horas, 36 minutos, e 49 segundos, tendo vencido a tabela classificativa com cinco segundos de vantagem sobre a norte-americana Team Axeon, sobre a holandesa Metec – TKH Continental Team, e sobre a portuguesa W52 – Quinta da Lixa.
 
A última camisola castanha, referente ao vencedor do Prémio da Montanha, foi vestida pelo equatoriano da equipa Ecuador, Bayron Guama de La Cruz.
 
No que diz respeito à camisola verde, referente ao vencedor do Prémio dos Pontos, o último ciclista a envergá-la foi o português Samuel Caldeira, da W52 – Quinta da Lixa.
 
O Prémio da Juventude foi ganho pelo neozelandês da Team Axeon, James Oram. O terceiro classificado da geral, levou para casa, a camisola branca.
 
A última etapa da ‘Alentejana’, que fez a ligação entre Alcácer do Sal e Reguengos de Monsaraz, numa tirada com a distância de 175,1 quilómetros, foi ganha pelo holandês Johim Ariesen, da Metec – TKH Continental Team, que conseguiu assim a sua segunda vitória na prova, depois de ter ganho a terceira etapa, que ligou Portel a Mértola. Johim bateu ao sprint os portugueses Samuel Caldeira, da W52 – Quinta da Lixa, e Daniel Freitas, da Anicolor, segundo e terceiros classificados respectivamente.
 
Terminaram a 33ª ‘Alentejana’, que se iniciou com o maior pelotão de sempre nas estradas nacionais, 143 ciclistas. Durante a prova desistiram 36 atletas.
 
Foto de Ivo Moreira
 
Pawel Bernas venceu a quarta etapa da 33ª Volta ao Alentejo em Bicicleta, uma tirada que teve a distância de 143,7 quilómetros, e que ligou Aljustrel a Vila Nova de Santo André. Esta foi a primeira etapa da ‘Alentejana’ em que a vitória não foi discutida ao sprint.
 
O polaco da Activejet Team chegou à meta, instalada na Avenida de Sines, com cinco segundos de vantagem sobre um quinteto de perseguidores, o espanhol Delio Fernandez, da W52 – Quinta da Lixa, que ficou em segundo lugar na etapa, o português Sérgio Sousa, da LA Alumínios - Antarte, terceiro na tirada, o holandês Jarno Gmelich, da Metec – TKH Continental Team, quarto na etapa, o espanhol Alberto Gallego, da Rádio Popular – Boavista, quinto na tirada, e o neozelandês James Oram, da Team Axeon, que cortou a meta na sexta posição.
 
Bernas é o novo camisola amarela da ‘Alentejana’. O ciclista da Activejet Team tem cinco segundos de vantagem sobre a dupla Delio Fernandez, da W52 – Quinta da Lixa e James Oram, da Team Axeon. Manuel Cardoso, o “TGV do Norte”, que saiu para a quarta etapa na liderança da ‘Alentejana’, caiu para a quarta posição da geral, a 11 segundos de Bernas.
 
A geral por equipas é agora liderada pela equipa do camisola amarela, a polaca Activejet Team, com cinco segundos de vantagem sobre a norte-americana Team Axeon, sobre a holandesa Metec – TKH Continental Team, e sobre a portuguesa W52 – Quinta da Lixa.
 
Hoje, Domingo, corre-se a quinta e última etapa da 33ª Volta ao Alentejo em Bicicleta. São 175,1 quilómetros, que vão ligar Alcácer do Sal a Reguengos de Monsaraz, onde a meta está instalada na Praça da Liberdade. Esta derradeira tirada tem três metas volantes: ao quilómetro 44,4, em Montemor-o-Novo, ao quilómetro 66,4, em Arraiolos, e ao quilómetro 127,4, em Vila Viçosa. A partida será dada às 11.30 horas, estando a chegada prevista para as 15.50 horas.
 

Mais Populares