sábado, 23 outubro 2021
terça, 24 agosto 2021 19:17

Há seis equipamentos culturais alentejanos inseridos na Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses

Escrito por
Segundo a DGArtes, "brevemente" será divulgada "uma segunda e última lista de equipamentos credenciados nesta fase inicial" Segundo a DGArtes, "brevemente" será divulgada "uma segunda e última lista de equipamentos credenciados nesta fase inicial" DR

A Direcção Geral das Artes divulgou no dia de hoje, terça-feira, 24 de Agosto, que a Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP) vai arrancar com pelo menos 50 equipamentos culturais credenciados, que poderão candidatar-se a um apoio à programação a partir de Outubro.
 
O organismo estatal divulgou uma lista dos primeiros 50 auditórios, centros culturais, cineteatros, teatros e fóruns em "praticamente todo o território nacional", que obtiveram a credenciação para integrar a RTCP.
 
Os 50 equipamentos culturais agora divulgados poderão concorrer a um apoio à programação, apoio esse que chegou a estar agendado para 27 de Setembro, mas que só abrirá a 09 de Outubro.
 
Segundo a DGArtes, "brevemente" será divulgada "uma segunda e última lista de equipamentos credenciados nesta fase inicial de arranque da rede" e que também poderão concorrer ao apoio à programação.
 
No passado mês de Julho, no Parlamento, a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, revelou que a linha de apoio à programação terá uma dotação entre cinco e seis milhões de euros.
 
O regulamento indica que na fase inicial de implementação, os equipamentos culturais nos concelhos de Lisboa e do Porto não podem concorrer ao apoio à programação, para que as verbas cheguem a "realidades territoriais mais carenciadas em termos de recursos, projectos e dinâmicas culturais e artísticas".
 
Entre os primeiros 50 equipamentos culturais divulgados estão o Teatro Académico Gil Vicente (Coimbra), o Teatro Viriato (Viseu), a Casa da Criatividade (São João da Madeira), o Auditório de Espinho, o Centro Cultural Raiano (Idanha-a-Nova) e o Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz.
 
Quanto aos equipamentos culturais dos Açores e da Madeira, nesta primeira lista consta apenas o Teatro Municipal Baltazar Dias (Funchal).
 
Quando esta fase de arranque da rede estiver concluída, o processo de credenciação "passará a estar aberto em regime de permanência, sem interrupções" para as entidades que queiram aderir no futuro.
 
Os equipamentos alentejanos que inicialmente englobam a Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses são o Armazém 8 - Casa das Artes (Évora), o CAEP - Centro de Artes do Espectáculo de Portalegre, o Cine Granadeiro (Grândola), o Cine Teatro Sousa Telles (Ourique), o Cineteatro Curvo Semedo (Montemor-o-Novo) e o Pax Julia – Teatro Municipal (Beja).
 
c/ LUSA
Modificado em terça, 24 agosto 2021 19:48

Deixe um comentário

PUB